Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação dos sistemas gasosos do H2S, NO e CO na secreção in vitro de vasopressina, ocitocina e peptídeo atrial natriurético pelo hipotálamo médio basal e neuroipófise em resposta à hiperosmolalidade extracelular

Processo: 14/07372-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2015
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:José Antunes Rodrigues
Beneficiário:Ricardo Coletti
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/09799-1 - Regulação da homeostase energética e do balanço hidromineral: das células aos sistemas fisiológicos, AP.TEM
Assunto(s):Óxido nítrico   Monóxido de carbono   Sulfeto de hidrogênio   Peptídeo natriurético atrial   Ocitocina   Vasopressinas

Resumo

Os gases óxido nítrico (NO), monóxido de carbono (CO) e sulfeto de hidrogênio (H2S) apresentam produção endógena hipotalâmica e, portanto, podem exercer efeitos modulatórios sobre os vários núcleos do hipotálamo. Já se demonstrou que, na condição de hiperosmolalidade do líquido extracelular, o NO é capaz de inibir a secreção de vasopressina (AVP), ocitocina (OT) e peptídeo atrial natriurético (ANP), além da ingestão de água. Ao contrário, o CO parece potencializar a secreção de OT e ANP ao inibir a atividade da óxido nítrico sintase (NOS), enzima geradora de NO. Ademais, estudos recentes de nosso laboratório mostram que, na privação hídrica de 24 horas, o fornecimento de sulfeto exógeno é capaz de reduzir a sede, a geração hipotalâmica de nitratos/nitritos (metabólitos diretos do NO), além de potencializar a secreção de AVP e OT. Apesar destas evidências, até o momento não existem estudos que abordem de forma conjunta a interação dos três sistemas gasosos no hipotálamo e neuroipófise para o controle fino do balanço hidroeletrolítico. Em vista disso, propomos um estudo in vitro com o objetivo de avaliar, na situação de hiperosmolalidade extracelular, o comportamento dos sistemas do NO, CO e H2S e suas possíveis interações sobre a secreção de AVP e OT, produção central de ANP pelo hipotálamo médio basal, e sobre a secreção de AVP e OT pela neuroipófise. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
COLETTI, RICARDO; MEDEIROS DE LIMA, JULIANA BEZERRA; VEANHOLI VECHIATO, FERNANDA MARIA; DE OLIVEIRA, FABIANA LUCIO; DEBARBA, LUCAS KNIESS; ALMEIDA-PEREIRA, GISLAINE; KAGOHARA ELIAS, LUCILA LEICO; ANTUNES-RODRIGUES, JOSE. Nitric oxide acutely modulates hypothalamic and neurohypophyseal carbon monoxide and hydrogen sulphide production to control vasopressin, oxytocin and atrial natriuretic peptide release in rats. Journal of Neuroendocrinology, v. 31, n. 2 FEB 2019. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.