Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel da netose como modulador da remodelação cardíaca após o infarto agudo do miocárdio

Processo: 14/26564-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2015
Vigência (Término): 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Acordo de Cooperação: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Leonardo Antonio Mamede Zornoff
Beneficiário:Tatiana Fernanda Bachiega Pinelli
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Insuficiência cardíaca   Infarto do miocárdio
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Insuficiência Cardíaca | clínica médica

Resumo

O remodelamento cardíaco após o infarto agudo do miocárdio (IAM) está relacionado à progressão da disfunção ventricular e representa um alvo terapêutico importante na insuficiência cardíaca de diferentes etiologias. Entre os complexos mecanismos ativados após o IAM que modulam o processo de remodelamento, a resposta inflamatória figura como importante preditor do processo de remodelação ventricular. Neste contexto, o papel dos neutrófilos merece destaque especial visto que o aumento da contagem destas células em si representa um biomarcador do prognóstico do remodelamento cardíaco do ventrículo esquerdo, além de estar relacionado com maior extensão do infarto e piora significativa da função cardíaca. Portanto, o envolvimento dos neutrófilos na injúria cardíaca induzida pelo IAM e no remodelamento cardíaco é evidente, porém os mecanismos exatos pelos quais ocorrem essas interações foram pouco estudados. Neste sentido, as NETs (neutrophil extracellular traps) estruturas recém-descritas, a princípio relacionadas à atividade microbicida contra diversas classes de patógenos, tem ganhado espaço nas pesquisas referentes a alterações cardiovasculares, e já foi demonstrada a relação entre as NETs e o início da aterosclerose nas artérias carótidas, além de promoverem o crescimento e estabilização de trombos em pacientes com IAM. As NETs compreendem a extrusão de material citoplasmático e nuclear de neutrófilos de forma programada para o meio extracelular, e estas estruturas em formato de rede possibilitam a ação de diversos mediadores derivados destes fatores formadores das NETs. Aspecto relevante a ser considerado é que não há dados na literatura em relação à influência das NETs no remodelamento cardíaco secundário ao infarto do miocárdio. Portanto, compreender o papel dos neutrófilos e consequentemente das NETs no remodelamento pode abrir precedentes para futuras intervenções que visem melhorar o prognóstico de pacientes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)