Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da enzima málica como alvo para tratamento da Doença de Chagas

Processo: 15/03336-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 06 de julho de 2015
Vigência (Término): 05 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Artur Torres Cordeiro
Beneficiário:Américo Tavares Ranzani
Supervisor no Exterior: Shane Wilkinson
Instituição-sede: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Queen Mary University of London, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:12/23682-7 - Caracterização estrutural da enzima málica de Trypanosoma Cruzi e descoberta de inibidores por ensaio de triagem de alto desempenho, BP.DR
Assunto(s):Doença de Chagas

Resumo

A Doença de Chagas é uma enfermidade causada pela infecção do protozoário Trypanosoma cruzi. A fase aguda é o único estágio da doença que possui tratamento, sendo feito com fármacos altamente tóxicos. A pesquisa de novo alvos metabólicos pode levar ao desenvolvimento de novos compostos mais eficazes contra todas as fases da doença. Desidrogenases como glicose-6-fosfato-desidrogenase (G6PD), enzima málica (ME) e isocitrato desidrogenase (IDH), que catalisam a redução de NADP+ para NADPH são consideradas promissores alvos terapêuticos, uma vez que a redução do nível de NADPH afeta o crescimento dos parasitas. O NADPH é o agente redutor utilizado em diferentes processos anabólicos e também pelo sistema de neutralização utilizado pelo parasita para se defender de agentes oxidantes provenientes do sistema de defesa do hospedeiro mamífero. No meu projeto de doutorado, estou realizando a caracterização estrutural da ME, além de ter identificado novos inibidores através de um ensaio bioquímico de triagem molecular de alto desempenho. Dentre as classes químicas identificadas, alguns compostos apresentaram atividade tripanocida contra a forma epimastigota de T. cruzi. Neste projeto, eu pretendo validar a ME como um alvo para o tratamento da Doença de Chagas utilizando abordagens químicas e genéticas. Eu proponho o nocaute do gene da ME para avaliar se alguma de suas duas isoformas é essencial ao parasita. Ademais, utilizando parasitas com a expressão da ME diminuída ou aumentada, avaliar se a atividade tripanocida dos compostos é devida à inibição da ME, obtendo uma validação química do alvo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RANZANI, AMERICO T.; NOWICKI, CRISTINA; WILKINSON, SHANE R.; CORDEIRO, ARTUR T. Identification of Specific Inhibitors of Trypanosoma cruzi Malic Enzyme Isoforms by Target-Based HTS. SLAS DISCOVERY, v. 22, n. 9, p. 1150-1161, OCT 2017. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.