Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto do tratamento restaurador atraumático associado a estratégias educativas em saúde bucal na qualidade de vida relacionada à saúde bucal de escolares

Processo: 14/21902-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Maria Beatriz Duarte Gavião
Beneficiário:Karina Guedes de Sousa
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Qualidade de vida   Tratamento dentário restaurador sem trauma   Educação em saúde bucal   Crianças   Higiene bucal

Resumo

O objetivo deste estudo será avaliar o impacto do Tratamento Restaurador Atraumático (TRA) associado a duas abordagens educativas em saúde bucal na qualidade de vida relacionada à saúde bucal (QVRSB) de escolares. Serão selecionadas 215 crianças, de seis e sete anos, de ambos os gêneros, escolares da rede municipal de Piracicaba, SP. As crianças serão divididas em cinco grupos de acordo com a presença (grupo experimental - GC) ou não de lesões de cárie (grupo controle - GE) e com a aplicação ou não de estratégias educativas previamente ao TRA: estratégia tradicional + TRA (GC1=43; GE1=43) e estratégia aprimorada + TRA (GC2=43 e GE2=43), TRA (GE3=43). A estratégia tradicional consistirá de explanação dos fatores etiológicos relacionados à cárie, orientação e prática de higiene bucal durante quatro semanas consecutivas, uma vez por semana. A estratégia aprimorada consistirá do mesmo período e conteúdo da estratégia tradicional com acréscimo da visualização das lesões de cárie pela criança utilizando espelho e orientação sobre a importância, indicação e etapas do TRA. A higiene bucal será avaliada pela presença de biofilme visível nos incisivos superiores e presença de gengivite, em dois momentos: antes da estratégia educativa e antes do TRA. Para avaliar a percepção da criança sobre a QVRSB será utilizada a versão brasileira curta, com 16 itens, do Child Perceptions Questionnaire (16-CPQ8-10) em três momentos: antes da estratégia educativa, antes e duas semanas após o TRA. A percepção de mudança na saúde bucal será avaliada por meio de questão única aplicada após a estratégia educativa e após o TRA. O TRA consistirá na remoção da dentina infectada utilizando instrumentos manuais e restauração com cimento de ionômero de vidro. A descrição das variáveis em estudo e sua correlação serão analisadas utilizando-se análise estatística descritiva, teste de normalidade, testes paramétricos e não paramétricos, onde apropriados. O nível de significância a ser considerado será de ±=0,05. (AU)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.