Busca avançada
Ano de início
Entree

Elucidação da taxonomia e estrutura populacional de cepas de Achromobacter e Burkholderia decorrentes de pacientes com FC de um hospital público do Brasil

Processo: 15/04615-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 29 de junho de 2015
Vigência (Término): 28 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Ana Lúcia da Costa Darini
Beneficiário:Carolina Paulino da Costa Capizzani
Supervisor no Exterior: Peter Alex Robert Vandamme
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Ghent University (UGent), Bélgica  
Vinculado à bolsa:13/13455-6 - Epidemiologia das infecções bacterianas em pacientes com fibrose cística envolvendo Achromobacter e bactérias do Complexo Burkholderia cepacia, BP.DR
Assunto(s):Achromobacter   Burkholderia   Identificação de bactérias

Resumo

A taxonomia de Achromobacter e Burkholderia decorrente de pacientes com fibrose cística (FC) necessita de atenção especial para uma elucidação precisa. Erros na identificação destes gêneros e de outras espécies não fermentadoras comprometem seriamente as medidas de controle de infecção em pacientes com FC. Infecções por Achromobacter e/ou Burkholderia podem resultar em declínio acelerado da resposta inflamatória e função pulmonar. Na maioria das vezes, estes agentes patogênicos são intrinsecamente resistentes a vários antibióticos, e são muitas vezes transmitidos de um paciente para outro, o que tornam estas infecções ainda mais preocupantes. Devido à semelhança fenotípica entre eles, erros de identificação são muitas vezes relatados, tornando essenciais métodos moleculares para identificação. É um desafio para compreender a epidemiologia, ecologia e impacto clínico da infecção humana por estes patógenos. Como Multilocus Sequence Typing (MLST) tem se mostrado uma ferramenta facilmente transferível, precisa e reprodutível para estudos epidemiológicos e de genética de populações, esta pesquisa é necessária para aprender como interpretar os resultados do MLST em um centro especializado, o que pode contribuir para melhor gestão dos procedimentos clínicos e possibilidade de integração e comparação de dados clínicos e epidemiológicos obtidos no Brasil e outros países. Uma avaliação abrangente de MALDI-TOF MS para a identificação dessas bactérias oferece uma metodologia complementar e rápida. Este estudo tem como objetivo caracterizar um conjunto diversificado de cepas de Achromobacter e Burkholderia decorrentes de pacientes com FC atendidos em dois hospitais de referência em FC utilizando MLST para elucidar a estrutura populacional e taxonômica desses gêneros; e investigar a eficiência de MALDI-TOF MS para a rápida identificação das cepas de Achromobacter e Burkholderia. (AU)