Busca avançada
Ano de início
Entree

O patrimônio edificado em face das ações de preservação do IPHAN (2002-2010)

Processo: 14/26158-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 01 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Paulo César Garcez Marins
Beneficiário:Marcelo Cardoso de Paiva
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/20853-9 - Pesquisa de referenciais teóricos e metodológicos sobre o patrimônio cultural na França, BE.EP.DR
Assunto(s):Patrimônio cultural

Resumo

O presente projeto traz como proposta o estudo das ações de preservação do IPHAN entre 2002 e 2010, período de intensa atividade do órgão comparado com as décadas anteriores. Tem por objetivo avaliar se os instrumentos democráticos sugeridos pela Constituição de 1988 e pelo Estatuto da Cidade, contribuíram ou não para uma mudança de paradigma das políticas de preservação do patrimônio cultural edificado no Brasil. Trata-se de se compreender se o IPHAN tem, de fato, sinalizado uma maior disposição para compartilhar responsabilidades no sentido de dialogar com as necessidades e percepções dos diversos setores e grupos sociais brasileiros, para além de uma simples ampliação do chamado "estoque patrimonial". Por fim, esse projeto visa avaliar o quanto os instrumentos democráticos garantiram, de fato, um patrimônio cultural edificado de abrangência mais democrática e efetivamente integrado à gestão urbana. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)