Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial de sistemas precursores de cristais líquidos mucoadesivos para administração nasal de rifampicina aplicáveis na otimização da terapia da tuberculose

Processo: 15/00023-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Marlus Chorilli
Beneficiário:Karen Cristina dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/20622-4 - Atividade biológica e perfil farmacocinético da rifampicina incorporada em sistemas mucoadesivos precursores de cristal líquido em modelo animal pré-clínico de tuberculose, BE.EP.DR
Assunto(s):Mycobacterium tuberculosis   Tuberculose   Nanotecnologia

Resumo

A tuberculose (TB) é a principal doença infecciosa de origem bacteriana no mundo, levando à morte anual de milhares de pessoas e ocasionando prejuízos econômicos globais de aproximadamente 12 bilhões de dólares ao ano. Apenas um fármaco foi desenvolvido contra cepas multirresistentes desde 1960 (bedaquilina) e o surgimento de casos de TB multi-droga-resistente faz com que o tratamento atual seja ineficaz. A rifampicina (RIF) é um fármaco de primeira escolha usada no tratamento da TB utilizado desde 1966. Normalmente, este fármaco é administrado pela via oral, ficando assim susceptível à metabolização pré-sistêmica e interações medicamentosas com outros fármacos, o que reduz significativamente seus níveis séricos e de outros fármacos, podendo diminuir a eficácia do tratamento e aumentar o risco de resistências. Assim, o emprego de sistemas de liberação nanoestruturados e de vias alternativas de administração podem ser estratégias atraentes para a administração de RIF. A via nasal tem recebido especial atenção como rota promissora para liberação sistêmica de fármacos, uma vez que apresenta epitélio com numerosas microvilosidades e grande área de superfície, o que facilita a absorção de fármacos. Além disto, a anatomia da cavidade nasal oferece entrada para o Sistema Nervoso Central (SNC), aspecto extremamente interessante para casos de tuberculose meníngea. Dentre os sistemas nanoestruturados promissores para incorporação de RIF objetivando administração nasal, destacam-se os sistemas precursores de cristais líquidos (SPCL) mucoadesivos. Devido à alta viscosidade de alguns domínios destes sistemas, eles podem promover a fixação da formulação num local de ação desejado após sua administração e formação in situ, o que pode ser interessante para a administração de RIF, de forma a aumentar a sua fixação na região nasal, facilitando sua absorção sistêmica e interface com o SNC. Dessa forma, o objetivo deste projeto é estudar o potencial de SPCLs mucoadesivos para administração nasal de RIF na otimização da terapia da TB, com avaliação in vitro e in vivo da sua segurança e atividade. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SANTOS, Karen Cristina dos. Avaliação do potencial de sistemas precursores de cristais líquidos mucoadesivos para administração nasal de rifampicina aplicáveis na terapia da tuberculose. 2018. 147 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Farmacêuticas..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.