Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da neuromodulação parassimpática na periodontite e em tíbia de camundongos: análise macroscópica e histológica

Processo: 14/21370-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Ana Lia Anbinder
Beneficiário:Mayara Fortunato Arriel
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Patologia bucal   Donepezila   Periodontite   Sistema nervoso parassimpático

Resumo

A doença periodontal (DP) é uma inflamação oral crônica que se inicia pelo acumulo de biofilme bacteriano sobre a superfície dentária, sendo a principal causa da perda de dentes em indivíduos adultos. A remodelação óssea é um processo regulado por diversos fatores locais e sistêmicos e que tem como função manter a massa óssea através da formação pelos osteoblastos e reabsorção pelos osteoclastos. Recentemente tem sido demonstrado que a regulação sistêmica da remodelação óssea, também é feita por duas ramificações do Sistema Nervoso Autônomo (SNA): a adrenérgica e a colinérgica ou parassimpática. O objetivo do presente trabalho é verificar, através da administração de um inibidor da acetilcolinesterase, o efeito da neuromodulação parassimpática na DP induzida e sobre a micro-arquitetura de tíbias em camundongos. Serão utilizados 30 camundongos divididos em 3 grupos: (1) Donepezil (D), dez animais com DP induzida e tratados com 2 mg/Kg/dia de Donepezil; (2) Ligadura (L): dez animais em que será induzida DP; e (3) Controle (C; n=10). A indução da DP será realizada com a inserção de fio de algodão ao redor dos primeiros molares inferiores e será realizado o tratamento, por gavagem, durante 6 semanas. Após o sacrifício, as hemimandíbulas direitas serão submetidas à análise macroscópica para avaliação da perda óssea alveolar, e as tíbias serão submetidas a análise histológica e histométrica. Os dados obtidos serão submetidos à análise estatística mais conveniente.