Busca avançada
Ano de início
Entree

Interferências da exposição gestacional ao di-n-butil ftalato e do consumo excessivo de lipídios saturados sobre a próstata do gerbilo: alterações histopatológicas e mecanismos envolvidos

Processo: 14/03300-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Rejane Maira Góes
Beneficiário:Mariana Marcielo de Jesus
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Próstata   Biologia celular

Resumo

O elevado consumo de lipídios saturados e a exposição a desreguladores endócrinos (DE) são dois fatores ambientais a que a população atual está exposta e que possuem efeitos negativos sobre o desenvolvimento e manutenção do sistema reprodutor masculino. O di-n-butil ftalato (DBP) é um DE amplamente utilizado na fabricação de diversos produtos, como embalagens alimentícias e produtos de construção. O DBP desregula a organogênese do sistema reprodutor masculino quando administrado durante o desenvolvimento fetal, comprometendo assim a formação de órgãos andrógeno-dependentes. Porém, seu impacto sobre o desenvolvimento e consequências para a morfofisiologia da próstata ainda são poucos conhecidos. O consumo de elevado teor lipídico também afeta a homeostase dos hormônios esteroides, acarretando sérios prejuízos de fertilidade e aumentando o risco de câncer de próstata. A exposição aos ftalatos e outros DE tem sido implicada com a etiologia da obesidade, pois esses compostos agem como desreguladores metabólicos alterando a diferenciação dos adipócitos e o metabolismo de lipídios. Assim, torna-se relevante investigar em estudos experimentais se a exposição gestacional ao DBP afeta a adiposidade e a homeostasia da próstata na idade adulta, bem como as possíveis interferências do consumo excessivo de lipídios saturados, nesses parâmetros e nos efeitos causados pela exposição ao DBP. Dessa maneira, esse estudo objetiva investigar as consequências da exposição gestacional a elevadas doses do DBP sobre a histologia da próstata de gerbilos machos na idade adulta e incidência de lesões patológicas, somadas ou não ao consumo excessivo de lipídios saturados ao longo da vida. Para isso, serão utilizados gerbilos adultos (20 semanas) nascidos de mães alimentadas com ração padrão e tratadas ou não com DBP. Metade dos filhotes de cada grupo receberá, a partir do desmame, ração contendo elevado teor de lipídios saturados. O DBP será administrado às mães, via gavagem, do 8º até o 23º dia gestacional na concentração de 100mg/kg/dia. O lobo ventral será processado para microscopia de luz e a resposta prostática frente à exposição ao DBP e aos lipídios saturados será avaliada com base nas alterações histológicas, estereológicas, morfométricas e em análises da incidência e multiplicidade de lesões. Também serão examinadas as alterações nos níveis de proliferação celular e apoptose, por meio de imunocitoquímica para PCNA e método do TUNEL, seguidos de análises quantitativas. Para esclarecer os mecanismos envolvidos na resposta prostática ao DBP e consumo de lipídios saturados, serão realizadas várias análises, a saber: 1) determinação dos níveis séricos de testosterona e estradiol; 2) análises, por Western blotting (WB), da expressão de AR e ER² e frequência de células expressando esses receptores na próstata; 3) determinação do índice de adiposidade, níveis de leptina no soro e perfil lipídico; 4) avaliação da expressão dos receptores X do fígado (LXRa) e ativadores da proliferação dos peroxissomos (PPAR³) e das células expressando os mesmos na próstata; 5) avaliação de vias de sinalização envolvidas na resposta à insulina e na sobrevivência e metabolismo celular como as vias PI3K/Akt/mTOR e MEK/ERK, pela estimativa das porcentagens de proteínas fosforiladas e não fosforiladas por WB; 6) análise do conteúdo no soro e na próstata de mediadores da resposta inflamatória como as IL-1² e IL-6, e dos fatores de crescimento TNF-± e do IGF-1, a partir ensaios tipo multiplex. Esse estudo trará informações inéditas sobre os efeitos toxicológicos do DBP sobre a próstata desse roedor e também do consumo excessivo de lipídios saturados, além de responder se esse hábito interfere nos dados causados pela exposição gestacional a esse ftalato. A elucidação dos mecanismos celulares envolvidos na resposta prostática a esses fatores ambientais provavelmente será útil para interpretação dos fatores moduladores na instalação e progressão do câncer de próstata humano. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.