Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da diversidade genética e imunogenicidade da proteína MAEBL de Plasmodium vivax

Processo: 15/02808-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Fabio Trindade Maranhão Costa
Beneficiário:Najara Carneiro Bittencourt
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Protozoologia   Diversidade genética   Imunogenicidade   Plasmodium vivax   Vacinas   Malária vivax   Antígenos

Resumo

A cada ano, o parasita da malária, Plasmodium vivax infecta 70-80 milhões de pessoas no mundo inteiro. No Brasil, P. vivax é responsável por 83,6% dos casos de malária, sendo considerada como a espécie mais frequente de plasmódio no país. Ao contrário do Plasmodium falciparum, as infecções causadas por P. vivax são raramente letais. No entanto, P. vivax tem um impacto significativo sobre a produtividade das populações locais à medida que o curso da infecção é geralmente prolongado e o desenvolvimento de imunidade adquirida em áreas endêmicas leva vários anos. O recente surgimento de cepas resistentes às drogas complica ainda mais a infecção por P. vivax o que leva à intensificação de investigações sobre métodos de controle alternativo, como o desenvolvimento de vacinas. MAEBL é uma molécula quimérica expressa em eritrócitos infectados e possui uma porção amino terminal rica em cisteína, domínios transmembrana, citoplasmático e outros dois domínios (M1 e M2). Embora ambos os domínios estejam envolvidos na ligação do parasita aos eritrócitos, o domínio M2 é essencial para a invasão merozoíta e exibe mais alta capacidade adesiva. Recentemente, foi mostrado que MAEBL também é expresso em esporozoítas das glândulas salivares e em hepatócitos infectados. Além disso, o gene codificador da proteína MAEBL (maebl) foi identificado em diferentes espécies de plasmódios, incluído P. vivax. As características de MAEBL abrem perspectivas para o desenvolvimento de uma vacina experimental visando estágios eritrocíticos e pré-eritrocíticos do parasita. No entanto, pouco se sabe sobre a variabilidade desta proteína. Sabendo que a diversidade genética pode comprometer a eficácia de uma vacina que inclua este antígeno, o objetivo principal deste trabalho será caracterizar o padrão de diversidade da proteína MAEBL de P. vivax de isolados da Amazônia brasileira. Além disso, neste projeto será avaliada a imunogenecidade das principais variantes desta proteína em uma população exposta a malária Vivax. Os resultados deste projeto serão de grande valia para o entendimento e validação de MAEBL como um candidato vacinal na malária Vivax. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BITTENCOURT, NAJARA CARNEIRO; IUNG ENEMBRECK DA SILVA, ANA BEATRIZ; VIRGILI, NATALIA SILVEIRA; SCHAPPO, ANA PAULA; GERVASIO, JOAO HENRIQUE D. B.; PIMENTA, TAMIRYS S.; KUJBIDA JUNIOR, MARIO A.; VENTURA, ANA MARIA R. S.; LIBONATI, ROSANA M. F.; SILVA-FILHO, JOAO LUIZ; DOS SANTOS, HELLEN GEREMIAS; LOPES, STEFANIE C. P.; LACERDA, MARCUS V. G.; MACHADO, RICARDO L. D.; COSTA, FABIO T. M.; ALBRECHT, LETUSA. Plasmodium vivaxAMA1: Implications of distinct haplotypes for immune response. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. 14, n. 7 JUL 2020. Citações Web of Science: 0.
BITTENCOURT, NAJARA C.; LEITE, JULIANA A.; SILVA, ANA BEATRIZ I. E.; PIMENTA, TAMIRYS S.; SILVA-FILHO, JOAO LUIZ; CASSIANO, GUSTAVO C.; LOPES, STEFANIE C. P.; DOS-SANTOS, JOAO C. K.; BOURGARD, CATARINA; NAKAYA, HELDER I.; REVOREDO DA SILVA VENTURA, ANA MARIA; LACERDA, MARCUS V. G.; FERREIRA, MARCELO U.; MACHADO, RICARDO L. D.; ALBRECHT, LETUSA; COSTA, FABIO T. M. Genetic sequence characterization and naturally acquired immune response to Plasmodium vivax Rhoptry Neck Protein 2 (PvRON2). Malaria Journal, v. 17, OCT 31 2018. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BITTENCOURT, Najara Carneiro. . 2017. Dissertação de Mestrado.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.