Busca avançada
Ano de início
Entree

Traduzindo Alain Mabanckou

Processo: 14/22068-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Línguas Estrangeiras Modernas
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Álvaro Silveira Faleiros
Beneficiário:Paula Souza Dias Nogueira
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Tradução   Literatura africana   Prosa   Romancista   República Democrática do Congo

Resumo

Este projeto visa apresentar ao leitor brasileiro um romance do autor congolês Alain Mabanckou que julgamos significativo dentro do conjunto de sua obra: Mémoires de porc-épic, ganhador do Prêmio Renaudot em 2006. Não pretendemos apenas traduzir a obra em questão, mas também apresentar as características da história cultural do Congo e, principalmente, adentrar na visão de mundo e na poética do autor. Assim, pensamos ser necessário, num primeiro momento, traçar brevemente o histórico do Congo e, em seguida, situar o autor e sua obra dentro do panorama de literaturas francófonas pós-coloniais, apontando aspectos importantes de sua escrita e o modo com que reflete sobre questões bastante centrais em seus discursos, como a diversidade cultural, a identidade nos dias atuais, a imigração, a língua imposta pelo colonizador e as relações culturais entre os países. Por fim, analisaremos algumas questões tradutológicas que se mostram interessantes dentro dessa obra, sobretudo no que diz respeito ao ritmo na prosa e seus desdobramentos na tradução, o que engloba uma análise do uso de paralelismos, repetições estruturais, acumulação ou enumeração, uso de vocativos, entre outros. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NOGUEIRA, Paula Souza Dias. Espinhos da tradução: uma leitura  de Mémoires de porc-épic, de Alain Mabanckou. 2016. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.