Busca avançada
Ano de início
Entree

Desvendando interações proteína-proteína envolvidas no desenvolvimento e função plastidial em Solanum lycopersicum

Processo: 15/01260-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Maria Magdalena Rossi
Beneficiário:Giovanna Gramegna
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/01128-9 - Controle luminoso e hormonal da qualidade nutricional em Solanum lycopersicum, AP.TEM
Assunto(s):Solanum

Resumo

O desenvolvimento e o metabolismo dos plastídios são processos muito importantes para a produtividade e a qualidade nutricional de plantas de importância comercial, como Solanum lycopersicum. A produção de metabólitos primários e a acumulação de nutrientes nos frutos estão estreitamente relacionadas à manutenção de cloroplastos fotossinteticamente ativos. A biogênese e a manutenção dos plastídios são reguladas por sinais luminosos e hormonais e mediadas por fatores de transcrição. A interação entre fitocromos, receptores de luz, e os PHYTOCHROME INTERACTING FACTORS (PIFs) tem um papel fundamental na regulação da expressão de genes que controlam a resposta à luz. Além disso, as proteínas G2-LIKE TRANSCRIPTION FACTORS, GLK1 e GLK2, executam um papel importante na manutenção dos cloroplastos em Arabidopsis thaliana. Em particular, a interação desses elementos com ORE1(ANAC092), um fator de transcrição envolvido na senescência foliar, inibe a atividade dos GLKs resultando em uma regulação negativa da manutenção do cloroplasto. Até o momento, os estudos destas interações proteína-proteína envolvidas no desenvolvimento plastidial foram realizados apenas em A. thaliana, enquanto que a especificidade funcional dessas proteínas e de suas interações não foram descritas em cultivos de interesse econômico e nutricional. Este projeto tem como objetivo desvendar estas interações ampliando o conhecimento sobre os mecanismos de desenvolvimento plastídial e permitindo o desenvolvimento de novas estratégias para melhorar a produtividade e qualidade nutricional em tomateiro. (AU)