Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise filogenética do complexo de espécies Moenkhausia jamesi (sensu Petrolli & Benine) (Characiformes, Characidae)

Processo: 15/01972-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Ricardo Cardoso Benine
Beneficiário:Marina Gimenez Petrolli
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/50282-7 - Inventário da fauna de Characiformes (Teleostei, Ostariophysi) da América do Sul, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Ictiologia   Morfologia animal   Sistemática   Moenkhausia   Characiformes   Characidae

Resumo

Atualmente, o gênero Moenkhausia é composto por 78 espécies válidas, distribuídas nas principais bacias hidrográficas sul-americanas, com sua grande diversidade ocorrendo na Bacia Amazônica. Esse gênero ainda encontra-se num confuso estado de entendimento filogenético e taxonômico devido ao grande número de espécies e diversificação morfológica. Abordagens enfocando seus subgrupos poder ser uma saída para esse estado confuso de entendimento de sua sistemática. A presente proposta pretende abordar questões básicas acerca das relações de um subgrupo do gênero Moenkhausia com outras espécies de Characidae. A seguinte hipótese será testada: o complexo de espécies Moenkhausia jamesi (sensu Petrolli & Benine), forma um grupo monofilético em Characidae, junto com espécies do gênero Astyanax (e.g. Astyanax correntinus, A. pellegrini) e Ctenobrycon, devido ao compartilhamento de modificações nos dentes e ossos pré-maxilar, maxilar e dentário. Para isso, serão realizados estudos morfológicos da osteologia craniana, axial e apendicular e musculaturas associadas, através de técnicas específicas detalhadas em literatura recente, no maior número possível de espécies de Moenkausia, e em espécies possivelmente relacionadas, bem como em grupos externos significativos, procurando detectar a presença de sinapomorfias que possam diagnosticar o grupo como monofilético. As informações obtidas na filogenia de consenso serão combinadas com informações relativas à distribuição geográfica dos clados, com o objetivo de investigar a biogeografia histórica dos mesmos. Como resultado pretende-se obter uma filogenia robusta para o grupo, bem como uma descrição detalhada da osteologia e musculatura cefálica oral das espécies. Questões biogeográficas também deverão ser propostas e discutidas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PETROLLI, MARINA G.; AZEVEDO-SANTOS, VALTER M.; BENINE, RICARDO C. Moenkhausia venerei (Characiformes: Characidae), a new species from the rio Araguaia, Central Brazil. Zootaxa, v. 4105, n. 2, p. 159-170, APR 20 2016. Citações Web of Science: 6.
PETROLLI, MARINA G.; BENINE, RICARDO C. Description of three new species of Moenkhausia (Teleostei, Characiformes, Characidae) with the definition of the Moenkhausia jamesi species complex. Zootaxa, v. 3986, n. 4, p. 401-420, JUL 20 2015. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.