Busca avançada
Ano de início
Entree

Desempenho funcional, dor e cinesiofobia na dor lombar inespecífica

Processo: 14/18048-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Amélia Pasqual Marques
Beneficiário:Carla Coelho Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Dor lombar   Reumatologia

Resumo

Introdução: A dor lombar crônica inespecífica é um grave problema que atinge grande parte da população mundial, gerando incapacidade e altos custos econômicos, apesar disso ainda não há consenso e evidências sobre o tratamento mais eficiente. A avaliação é um aspecto fundamental para os avanços no tratamento e prevenção dessa doença. É necessário avaliar o paciente da forma mais completa, profunda e abrangente possível, captando todos os aspectos que possam interferir nessa condição, sem ficar preso apenas aos aspectos mais óbvios como a dor. Objetivos: Avaliar e verificar a associação dos seguintes fatores: o desempenho funcional, dor, cinesiofobia e incapacidade funcional em pacientes com dor lombar crônica inespecífica. Métodos: Para este estudo serão selecionados 66 indivíduos de 20 a 60 anos com diagnóstico de dor lombar crônica inespecífica. Além da avaliação dos dados clínicos (anamnese, frequência cardíaca e pressão arterial sistêmica), as avaliações contemplarão: intensidade da dor, avaliada através da Escala Numérica de Dor; qualidade da dor pelo Questionário McGill de Dor; cinesiofobia através da Escala Tampa de Cinesiofobia; desempenho funcional, através do teste de caminhada de seis minutos; e incapacidade funcional com o Questionário de Roland Morris. Na análise estatística, o nível de significância utilizado será ± d0,05.