Busca avançada
Ano de início
Entree

Terapia antimicrobiana parenteral ambulatorial baseada em hospital-dia, como ferramenta custo-efetiva de desospitalização no Sistema Único de Saúde

Processo: 15/06915-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Convênio/Acordo: CNPq - PPSUS
Pesquisador responsável:Mariângela Ribeiro Resende
Beneficiário:Gabriela Pimenta Dutra
Instituição-sede: Hospital de Clínicas (HC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50045-3 - Terapia antimicrobiana parenteral ambulatorial baseada em hospital-dia, como ferramenta custo-efetiva de desospitalização no Sistema Único de Saúde, AP.PP.SUS
Assunto(s):Anti-infecciosos   Hospital dia   Infectologia

Resumo

Introdução: modelos assistenciais alternativos à internação precisam ser avaliados do ponto de vista econômico para a incorporação à dinâmica do SUS. A modalidade terapêutica conhecida como "Outpatient Parenteral Antimicrobial Therapy - OPAT" (Terapia Antimicrobiana Parenteral Ambulatorial - TEAPA) tem sido utilizada há mais de 30 anos em diversos países com demonstração de custo-efetividade tanto em modelos de sistemas de Saúde públicos (Inglaterra e Canadá) como em sistemas privados com financiamentos diversos (ESPOSITO et al., 2004; CHAPMAN et al., 2013). As Sociedades Britânica e Americana de Infectologia estabelecem recomendações técnicas claras quanto ao grupo de usuários que se beneficiam com segurança deste tipo de intervenção, entretanto no Brasil, no sistema público esta modalidade ainda é incipiente. Objetivos: o presente estudo visa avaliar a custo-efetividade da implementação do programa de Terapia Antimicrobiana Parenteral Ambulatorial (TEAPA) em pacientes da região de Campinas integrado à dinâmica do SUS. Métodos: este projeto será desenvolvido em cinco etapas. 1. Execução do Parecer Técnico Científico (PTC) da modalidade TEAPA; 2. Elaboração do protocolo de TEAPA adequado a realidade do Hospital de Clínicas da Unicamp (HC-Unicamp), integrado à dinâmica regional do SUA; 3. Implementação do piloto de TEAPA no HC-Unicamp; 4. Análise Econômica. Para a execução do PTC serão utilizados os termos nas estratégias de busca "anti-infective agents", "parenteral infusion", "outpatient infusion therapy", "home infusion therapy" e "day care", nas bases: Biblioteca Cochrane (via Biblioteca Virtual em Saúde), PubMed/MEDLINE, Embase, Trip Database, Center for Reviews and Dissemination, sites dos membros da INAHTA, Medscape Infection Diseases, Portal de Evidências Bireme, Lilacs, Banco de Teses BDTD e Google Acadêmico. As buscas serão realizadas por dois pesquisadores independentes e não serão estabelecidas restrições de idioma. A partir do PTC, o protocolo será consolidado com cinco componentes chaves, conforme recomendações para a modalidade: definição da equipe e estrutura do serviço; seleção do paciente; plano terapêutico; monitorização do paciente durante a TEAPA; monitorização do desfecho e governança clínica. Este protocolo será implementado através de piloto da modalidade TEAPA baseada em Hospital-dia comparada a modalidade assistencial de internação com inclusão e avaliação de 30 pacientes em cada modalidade. Baseado no piloto será realizada a avaliação econômica para a estimativa de custo-efetividade. Serão tomadas como base as Diretrizes Metodólogicas da REBRATS, em especial a referente a Estudos de Avaliação Econômica de Tecnologias em Saúde (BRASIL, Ministério da Saúde, 2009). A avaliação econômica utilizará o software Tree Age Pro® 2013 na construção de um modelo de árvore de decisão para estimar custos e desfechos em um grupo de pacientes em terapia antimicrobiana na modalidade TEAPA em regime de Hospital-Dia, em comparação à Terapia antimicrobiana em regime de internação. Para as diferentes estratégias, a razão de custo-efetividade incremental (RCEI) será calculada. A avaliação econômica será desenhada sob a perspectiva do SUS. O horizonte temporal e as probabilidades da árvore de decisão serão definidos mediante as evidências obtidas na elaboração do parecer técnico científico. Preços e custos serão apresentados em reais (R$). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.