Busca avançada
Ano de início
Entree

Rotação de culturas, adubação verde e nitrogenada sobre os componentes de produção e produtividade do trigo em sistema plantio direto

Processo: 15/03466-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Orivaldo Arf
Beneficiário:Letícia Martins e Martins
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Azospirillum brasilense   Adubo verde   Plantio direto   Cereais   Rotação de culturas   Fixação de nitrogênio

Resumo

Os cereais são os alimentos mais produzidos no planeta, fazem parte do hábito alimentar de diversos povos devido a sua facilidade de manutenção e conservação, são os principais fornecedores de caloria ao ser humano e dentre os mais conhecidos se encontra o trigo (Triticum spp.), o segundo maior cereal produzido. A triticultura tem ampliado sua área no Brasil, ocupando atualmente o Cerrado graças ao avanço tecnológico e à adoção de princípios da agricultura conservacionista e de manejo de cultura, que visam aumentar a produtividade de alimentos de qualidade. Com isso, o objetivo do trabalho será estudar o efeito das coberturas vegetais em consórcio no desenvolvimento e produtividade do trigo cultivado em rotação e adubado com diferentes doses de nitrogênio em cobertura em sistema plantio direto. O delineamento estatístico será o de blocos ao acaso e serão constituídos pela combinação do efeito dos restos culturais de Milho exclusivo e outras culturas (Milho exclusivo; Milho + Crotalaria spectabilis; Milho + guandu; Milho + feijão de porco; Milho + Urochloa riziziensis) com diferentes doses de nitrogênio em cobertura (0, 40, 80 e 120 kg ha-1), com 4 repetições. O trabalho será desenvolvido em área experimental da Fazenda de Ensino e Pesquisa pertencente à Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira - UNESP, localizada no município de Selvíria - MS. O solo do local sendo do tipo Latossolo Vermelho-Escuro Distrófico argiloso, originalmente sob vegetação de cerrado. Durante o desenvolvimento do projeto serão realizadas as seguintes avaliações: matéria seca das plantas, altura das plantas, teor de N nas folhas, grau de acamamento, número de grãos por espigas, produtividade de grãos, massa de 1000 grãos e massa hectolítrica.