Busca avançada
Ano de início
Entree

Microextração líquido-líquido dispersiva de parabenos em amostras de leite e análise por cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas sequencial

Processo: 15/04060-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 31 de maio de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Maria Eugênia Queiroz Nassur
Beneficiário:Caroline Fernandes Grecco
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Parabenos   Leite humano   Cromatografia

Resumo

Os parabenos, ésteres neutros derivados do ácido p-hidroxibenzóico, têm sido utilizados em baixas concentrações como conservantes de alimentos e cosméticos, pois inibem o desenvolvimento de bactérias e fungos. As pesquisas realizadas in vitro e in vivo têm demonstrado que os parabenos podem mimetizar a ação do hormônio feminino, estrogênio, que pode estimular o crescimento de células MCF7, as quais estão relacionadas ao desenvolvimento de câncer de mama. Em 2004, pesquisadores britânicos identificaram e quantificaram traços de parabenos na forma não hidrolisada em amostras de tecidos coletados de tumores de câncer de mama. Os parabenos também têm sido encontrados em outras matrizes biológicas, tais como o leite humano. Esta matriz biológica apresenta grande variabilidade na sua composição, que é influenciada por diferentes fatores, dentre os quais se destacam não apenas as condições de nutrição materna, mas também as condições ambientais às quais as nutrizes estão ou foram expostas ao longo da vida. Para lactantes, o leite humano pode ser a principal rota excretora de substâncias lipofílicas persistentes, as quais são armazenadas no organismo humano principalmente no tecido adiposo. Em razão da complexidade das amostras de leite, anterior a análise cromatográfica temos que realizar a etapa de preparo da amostra, para eliminar a maioria dos componentes endógenos desta matriz e concentrar os analitos, quase sempre presente em níveis de traços. A química analítica moderna tem sido direcionada para a simplificação através da miniaturização dos sistemas analíticos. Nesse contexto, podemos destacar a microextração dispersiva líquido-líquido (DLLME), rápido procedimento analítico, baseado no equilíbrio de partição, que utiliza apenas alguns µLs de solvente orgânico. Neste projeto, as técnicas analíticas DLLME e cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas sequencial serão empregadas na determinação de parabenos em amostras de leite para avaliar a exposição a estas substâncias.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GRECCO, CAROLINE F.; SOUZA, ISRAEL D.; ACQUARO JUNIOR, VINICIUS R.; QUEIROZ, MARIA E. C. Determination of Parabens in Breast Milk Samples by Dispersive Liquid-Liquid Microextraction (DLLME) and Ultra-High-Performance Liquid Chromatography Tandem Mass Spectrometry. Journal of the Brazilian Chemical Society, v. 30, n. 1, p. 48-59, JAN 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.