Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do autocuidado na medicação e função de pessoas com dor no ombro indicadas para tratamento fisioterapêutico: estudo clínico randomizado

Processo: 15/01263-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 31 de outubro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Anamaria Siriani de Oliveira
Beneficiário:Giovanna Santello
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Fisioterapia   Ombro   Autocuidado

Resumo

A dor no ombro está entre as três queixas musculoesqueléticas mais comuns. Esta condição é caracterizada por restrição dos movimentos, levando a dificuldades na realização de atividades de vida diária. Considerando sua importância clínica, a dor no ombro pode acometer questões sociais, econômicas e psicológicas, visto sua influência no trabalho e também em atividades de lazer e esporte. Tratamentos medicamentosos e fisioterapêuticos para dor no ombro são realizados geralmente de forma supervisionada. Além dos tratamentos envolverem custos para serem implementados, no geral, apresentam demora, principalmente quando o serviço é público. Orientações sobre exercícios a serem realizados em casa podem complementar o tratamento clínico visando avanço na reabilitação das disfunções do ombro. Evidências sugerem resultados eficazes no alívio de dores crônicas por meio da prática do autocuidado. Deste modo, este estudo tem por objetivo verificar os benefícios da instrução de autocuidados na medicação e na função de participantes com dor no ombro, indicados para fisioterapia que estão na lista de espera para atendimento. A hipótese do estudo é que pacientes apresentem melhora na dor e função do ombro, enquanto esperam pelo atendimento fisioterapêutico convencional. Os participantes desse estudo serão aleatoriamente distribuídos em dois grupos. O grupo controle (GC) que receberá orientações sobre postura e cuidados com o ombro e continuará com suas atividades habituais e o grupo intervenção (GI) que participará de um programa de exercícios de autocuidado. Esse programa de exercícios de autocuidado é composto por exercícios para o membro superior em que os participantes deverão realizar sozinhos em casa após um período de ensinamento com fisioterapeutas. Será entregue a esses participantes uma cartilha explicativa dos exercícios, assim como um DVD com vídeos dos exercícios. Todos os participantes serão avaliados antes e após o período de 2 meses. A avaliação será por meio das amplitudes de movimento do ombro, teste funcional ativo de Apley, questionário de Qualidade de Vida SF-36, questionário de auto-eficácia na dor crônica, questionário de dor e incapacidade SPADI, questionário de percepção de melhora global e escala numérica de dor.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SANTELLO, GIOVANNA; ROSSI, DENISE MARTINELI; MARTINS, JAQUELINE; LIBARDONI, THIELE DE CASSIA; DE OLIVEIRA, ANAMARIA SIRIANI. Effects on shoulder pain and disability of teaching patients with shoulder pain a home-based exercise program: a randomized controlled trial. CLINICAL REHABILITATION, v. 34, n. 10 JUN 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.