Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação e remoção eletroquímica de bentazon em águas naturais utilizando eletrodos de diamante

Processo: 15/04359-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária
Pesquisador responsável:Lucia Codognoto de Oliveira
Beneficiário:Glaucia Lopes dos Santos
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Assunto(s):Eletroanalítica

Resumo

Os pesticidas desempenham papel fundamental na prevenção e controle de pragas nas plantações, sendo assim muito utilizados no setor agrícola. No entanto, o uso intenso e indiscriminado vem causando sérios danos ao meio ambiente, devido à contaminação de matrizes ambientais por pesticidas e seus metabólitos. O objetivo deste projeto é o desenvolvimento de uma metodologia para a determinação e remoção eletroquímica do pesticida bentazon em águas naturais, utilizando técnicas eletroanalíticas aliadas ao eletrodo de diamante dopado com boro. O efeito de interferentes será analisado bem como o estabelecimento dos limites de detecção e quantificação para o pesticida em estudo. A potencialidade da metodologia desenvolvida será avaliada na determinação de bentazon em águas naturais, que serão coletas na represa Billings na região de Diadema - SP. Desta forma, espera-se obter uma metodologia de menor custo com um tempo menor de análise e o mínimo de manuseio das amostras. A oxidação eletroquímica do bentazon será estudada realizando eletrólises exaustivas a elevados potenciais, visando a formação de radicais hidroxila que são fortes agentes oxidantes, podendo desta forma chegar a oxidação completa do bentazon (combustão eletroquímica). A análise dos produtos formados serão executadas por ultra violeta-visível (UV-vis) e voltametria de onda quadrada.