Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção de siri-mole: aspectos para melhoria do crescimento e muda

Processo: 15/04935-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 30 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Flavia Pinheiro Zanotto
Beneficiário:Flavia Pinheiro Zanotto
Empresa:Flavia Pinheiro Zanotto
Vinculado ao auxílio:14/50168-8 - Produção de siri-mole: aspectos para melhoria do crescimento e muda, AP.PIPE
Assunto(s):Siri   Braquiúros   Confinamento animal   Ecdise   Iguape (SP)   Ilha Comprida (SP)   Cananéia (SP)

Resumo

Os siris, todos pertencentes à família Portunidae, são as espécies de braquiúros com o maior potencial para Aquicultura e produção em larga escala comercial. No Brasil, as espécies de siris mais abundantes são Callinectes sapidus e o Callinectes danae, e outros portunídeos são encontrados, porém em menor frequência. Muitas espécies desta família têm grande importância econômica para a pesca artesanal no Complexo Estuarino-lagunar de Iguape, Ilha Comprida e Cananéia, no litoral de São Paulo. O siri-mole se refere aos siris que fizeram a ecdise recentemente e se encontram sem o exoesqueleto rígido. O siri-mole, portanto, pode ser consumido inteiro e sua obtenção se dá após coleta de siri duro em campo, estagiamento da fase de muda e confinamento em tanques, até que atinjam a ecdise e ocorra a troca do exoesqueleto. O valor de mercado do siri-mole alcança até 3x o preço do siri considerado duro e vem sendo comercializado em várias partes do mundo como uma iguaria. O projeto pretende estudar a viabilidade econômica do siri-mole no Complexo Estuarino-lagunar de Iguape, Ilha Comprida e Cananéia, através do confinamento dos animais após coleta em campo. Para isso, serão feitos estudos sobre o manejo em cativeiro, desenvolvimento de dieta peletizada que possa atrair os animais para seu consumo e também o desenvolvimento de métodos de manutenção dos animais por maior tempo como siri-mole. A metodologia consiste em manter os animais em tanques, com controle de todos os parâmetros da água e alimentá-los com dietas peletizadas e manipuladas para que sejam consumidas em quantidades que promovam a manutenção dos animais trazidos de campo. Além disso, modificações na quantidade de cálcio da água dos animais que sofreram ecdise será monitorada para manutenção dos animais como siri-mole por um tempo maior para posterior comercialização in natura. Espera-se conseguir animais em ecdise por volta de 2-3 semanas em confinamento para que possam ser vendidos como siri-mole. A comercialização de siri-mole é uma iguaria que apresenta um potencial enorme para ser vendido como um produto diferenciado no mercado de pescado. (AU)