Busca avançada
Ano de início
Entree

Serviços postais expressos e rede urbana: diferenças e similaridades entre os Estados Unidos da América e o Brasil

Processo: 15/06152-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:María Mónica Arroyo
Beneficiário:Igor Venceslau Freitas
Supervisor no Exterior: Susan Mary Roberts
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Kentucky (UK), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/19277-2 - Correios, logística e uso do território: o serviço de encomenda expressa no Brasil, BP.MS
Assunto(s):Geografia econômica   Território

Resumo

O serviço postal expresso foi lançado inicialmente nos Estados Unidos pela empresa FedEx, na década de 1970. O serviço foi logo estendido para outros países, incluindo o Brasil no início dos anos 1980. Após algumas décadas, os Estados Unidos continuam a ser o país com o maior e mais complexo sistema de serviço postal expresso, conectando a rede urbana. Ao invés de desaparecer, os fluxos de correio têm sido estimulados pela Internet, notavelmente desde que as atividades de e-commerce se estabeleceram. Pesquisas sobre empresas de correio não são comuns no campo da Geografia. Entre as existentes, a maioria dos estudos focam na realidade nacional. Outros estudos têm foco numa interpretação global, às vezes dispensando pouca atenção para a discussão sobre o papel os estados nacionais no controle desses fluxos. Quais seriam algumas diferenças e semelhanças na conexão de cidades pelo serviço postal expresso comparando o Brasil com os Estados Unidos? Alguns conceitos-chave para este estudo são: espaço geográfico; território; redes; globalização; tempo e logística. Os procedimentos metodológicos consistem em: pesquisa bibliográfica; levantamento de dados na Internet e em documentos; trabalho de campo nos centros logísticos das empresas FedEx, UPS e DHL; confecção de mapas, gráficos e tabelas; redação do relatório final. Este estudo proverá elementos para compreender o papel dos serviços postais no território brasileiro, uma vez que os elementos de comparação irão permitir a identificação das peculiaridades do país. (AU)