Busca avançada
Ano de início
Entree

Estresse do reticulo endoplasmático e expressão da VapB e Rab1 em cultura de neurônios motores de camundongos modelo da Esclerose Lateral Amiotrófica

Processo: 15/06786-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 31 de maio de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Merari de Fátima Ramires Ferrari
Beneficiário:Elisangela de Paula Silva
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08028-1 - CEGH-CEL - Centro de Estudos do Genoma Humano e de Células-Tronco, AP.CEPID
Assunto(s):Degeneração neural

Resumo

O retículo endoplasmático é uma organela multifuncional envolvida na síntese, processamento e modelamento de proteínas, bem como participa do transporte intracelular e sinalização por cálcio. A VAPB é uma proteína transmembrana do retículo endoplasmático, interage com a mitocôndria para a homeostase do cálcio, participa da sinalização celular, da citoarquitetura, do processo de resposta a proteínas maldobradas e do tráfego entre o retículo endoplasmático e o complexo de Golgi. Este tráfego também é realizado pela proteína Rab1. O estresse do retículo endoplasmático pode estar associado à disfunção destas proteínas bem como é um evento comum às doenças neurodegenerativas, como a esclerose lateral amiotrófica. Desta forma, o presente estudo visa analisar a relação entre a expressão da VAPB, Rab1 e o estresse do retículo endoplasmático em neurônios motores de camundongos neonatos transgênicos para a SOD1 humana mutante (G93A), SOD1 não mutante e controles (B6SJL). A metodologia a ser empregada envolve genotipagem, cultura de neurônios motores, imunocitoquímica, western blot e expressão exógena da Rab1.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.