Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da sustentabilidade ecológica de uma bacia hidrográfica. Estudo de caso: Bacia Hidrográfica do Tietê-Jacaré, estado de São Paulo, Brasil

Processo: 14/26770-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:José Eduardo dos Santos
Beneficiário:Camila Francisco Gonçalves
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Antropia   Ecologia da paisagem   Sustentabilidade   Serviços ambientais   Uso do solo   Sistema de informação geográfica (SIG)   Bacia hidrográfica do Tietê-Jacaré

Resumo

As atividades antrópicas vêm projetando cenários de declínio da biodiversidade sendo necessário ferramentas para avaliar as consequências do desenvolvimento socioeconômico na sustentabilidade ecológica. Os indicadores estruturais da paisagem possibilitam o monitoramento e o diagnóstico das interações entre os sistemas antrópicos e naturais ao longo do tempo. Este projeto pretende a análise da dinâmica da sustentabilidade ecológica da bacia hidrográfica do Tietê-Jacaré, referente aos cenários de 2004 e 2014, resultantes das interações entre os sistemas antrópicos e naturais através da utilização de um indicador estrutural da paisagem. A delimitação espacial da área total da bacia hidrográfica do Tietê-Jacaré será efetuada através das cartas topográficas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As informações vetoriais de hidrografia, curvas de nível e malha viária serão obtidas do IBGE e convertidas para shapefile no software QGIS. Com base em imagens LandSat, referentes aos anos de 2004 e 2014, serão realizadas a classificação e o mapeamento dos tipos de uso da terra da bacia hidrográfica do Tietê-Jacaré. A classificação de usos da terra será estruturada com base em uma rede semântica permitindo a análise dos relacionamentos durante a classificação orientada a objetos, através do software INTERMAGE. A análise comparativa da condição da sustentabilidade ecológica da bacia hidrográfica do Tietê-Jacaré, entre os anos de 2004 e 2014, será efetuada através do Índice de Urbanidade (IB). A avaliação da capacidade da bacia hidrográfica do Tietê-Jacaré prover serviços ecossistêmicos será realizada através de uma matriz em que serão elencados os serviços ecossistêmicos resultantes da capacidade de provisão de cada tipo de cobertura da terra.