Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da melatonina sobre o eixo IL-4/STAT-6/SOCS-5 durante a diferenciação de células dendríticas a partir de monócitos de doadores saudáveis ou de pacientes com câncer

Processo: 15/03314-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Jose Alexandre Marzagão Barbuto
Beneficiário:Aline Arruda de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Melatonina   Células dendríticas   Monócitos   Neoplasias   Interleucina-4   Antígenos

Resumo

Estudos anteriores em nosso laboratório verificaram que células dendríticas derivadas de monócitos (Mo-DCs) obtidas de pacientes com câncer apresentam desvios funcionais que favorecem a ativação de linfócitos T reguladores (Treg), possivelmente contribuindo para o escape dos tumores frente à resposta imune. Ademais, verificou-se que a melatonina (MLT), age sobre monócitos, aumentando sua sensibilidade à Interleucina-4 (IL-4) durante sua diferenciação em células dendríticas (DCs) in vitro. Outro estudo do nosso grupo verificou, ainda, que parte do desvio funcional das Mo-DCs de pacientes com câncer pode ser atribuído à diminuição da sinalização de STAT6, fator de transcrição que é ativado por IL-4 e regulado pelo fator SOCS5, cujos níveis, por sua vez, foram encontrados elevados em monócitos dos pacientes. Assim, o presente projeto pretende investigar os efeitos da MLT sobre o eixo IL-4/STAT-6/SOCS-5 durante a diferenciação in vitro de DCs a partir de monócitos de doadores saudáveis e compará-los àqueles observados em células de portadores de câncer. Espera-se com isto, compreender melhor a relação entre estes fatores e, eventualmente, identificar pontos passíveis de intervenção capazes de corrigir os desvios funcionais das células apresentadoras de antígenos (APC) nos pacientes. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
OLIVEIRA, Aline Arruda de. Eixo IL-4/STAT-6/SOCS-5 na diferenciação das células dendríticas: efeitos da melatonina.. 2017. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.