Busca avançada
Ano de início
Entree

Mediação editorial e ethos discursivo: uma análise da construção de personagens na coleção Snoopy

Processo: 15/05361-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 31 de maio de 2016
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Luciana Salazar Salgado
Beneficiário:Fernanda Capelari de Carvalho
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Análise do discurso   Ethos

Resumo

Este Projeto de Pesquisa, inscrito no quadro da análise do discurso de tradição francesa de base enunciativa, mobiliza um modelo teórico proposto pelo linguista Dominique Maingueneau (2007, 2012) para analisar processos de edição, focalizando a construção de personagens como criação de ethos discursivo. O material que constitui o corpus reúne dez livros da coleção SNOOPY, que provêm da longa história da tirinha de jornal Peanuts, escrita e desenhada pelo cartunista norte-americano Charles Schulz (1922 - 2000). Nessas tirinhas de Schulz, focalizaremos, a princípio, a personagem Patty Pimentinha, já que o material linguístico ligado a essa personagem evidencia curiosidades com relação ao processo de edição, que afeta o ethos discursivo que a identifica na passagem do original para a tradução brasileira. Trata-se de abordar um problema de mediação editorial. Para tanto, consideraremos questões como a relação entre HQs e tiras em quadrinhos, que serão explicitadas no decorrer da pesquisa. A hipótese de trabalho pode ser assim enunciada: o estudo linguístico de objetos editoriais exige a abordagem dos suportes de inscrição e dos meios de circulação que, entendidos como condicionantes da produção dos sentidos, registram que os ritos genéticos editoriais são um trabalho na ordem do discurso. (AU)