Busca avançada
Ano de início
Entree

Correlação da proteína do plasma seminal e a congelabilidade do sêmen de cães

Processo: 15/05353-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Fabiana Ferreira de Souza
Beneficiário:Laíza Sartori de Camargo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Proteínas de plasma seminal   Congelamento de sêmen animal   Cães   Análise do sêmen

Resumo

Tendo em vista a importância do cão modelo e do envolvimento das proteínas do plasma seminal na maior resistência da célula espermática frente a criopreservação, acreditamos que a identificação de marcadores de congelabilidade nesta espécie pode gerar resultados aplicáveis a outros canídeos contribuindo para a formação de bancos de germoplasma. Desta maneira, o presente estudo terá como objetivo correlacionar a qualidade do sêmen e a capacidade de ligação das células espermáticas a membrana perivitelina da gema de ovo pré e pós-congelação com a análise proteica do plasma seminal, utilizando a abordagem shotgun. (AU)