Busca avançada
Ano de início
Entree

O Fedro de Platão: a teoria do método de investigação filosófica

Processo: 15/06205-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2015
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Marco Antônio de Ávila Zingano
Beneficiário:Adriana Madrinan Molina
Supervisor no Exterior: Francesco Fronterotta
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Università degli Studi di Roma La Sapienza, Itália  
Vinculado à bolsa:13/11656-4 - A Dialética no Fedro de Platão: A Natureza do Método da Investigação Filosófica, BP.DR
Assunto(s):Filosofia antiga   Dialética   Platonismo

Resumo

A visão de Platão a respeito do método de investigação filosófica ocupa uma parte importante nos seus diálogos primeiros, médios e tardios. Os primeiros diálogos põem em prática o método do elenchus. Os diálogos médios, especialmente Ménon, Fédon, República e Parmênides, teorizam sobre o método da hipótese. E, finalmente, os diálogos tardios, especialmente Sofista, Político e Filebo, põem em prática e teorizam sobre o método de reunião e divisão, o qual foi introduzido no Fedro. Existe uma teoria geral do método dentro da filosofia de Platão? Eu afirmo que o Fedro apresenta uma teoria do método de investigação filosófica. (AU)