Busca avançada
Ano de início
Entree

Estimulação transcraniana por corrente contínua associada ao treino de marcha em esteira em indivíduos após acidente vascular encefálico: estudo clínico aleatorizado controlado e duplo cego

Processo: 15/05179-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2015
Vigência (Término): 31 de outubro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Claudia Santos Oliveira
Beneficiário:Arislander Jonathan Lopes Dumont
Supervisor no Exterior: Manuela Galli
Instituição-sede: Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Campus Memorial. São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Politecnico di Milano, Itália  
Vinculado à bolsa:13/22625-2 - Estimulação transcraniana por corrente contínua associada ao treino de marcha em esteira em indivíduos após acidente vascular encefálico: estudo clínico aleatorizado controlado e duplo cego, BP.MS
Assunto(s):Marcha (locomoção)   Reabilitação (terapêutica médica)

Resumo

Objetivo: Verificar os efeitos da estimulação transcraniana por corrente contínua no córtex motor primário associado ao treino de marcha na esteira, sobre a postura de indivíduos pós-acidente vascular encefálico (AVE). Materiais e Métodos: A amostra será constituída por 28 indivíduos com histórico de AVE espástico com déficit na sua capacidade funcional da marcha sendo alocados aleatoriamente em 2 grupos distintos: Grupo 1 (n=14): treino de marcha na esteira com estimulação transcraniana placebo e Grupo 2 (n=14): treino de marcha na esteira com estimulação transcraniana ativa. A avaliação será constituída da análise tridimensional da marcha, do equilíbrio estático, do equilíbrio funcional e da mobilidade destes individuos. Para avaliação tridimensional da marcha será utilizado um sistema SMART-D 140® - BTS Engineering com seis câmeras, duas plataformas de força Kistler Plataform model 9286BA e um eletromiográfo FREEEMG® - BTS Engineering de sistema wireless, com quatro canais. Além disso, a avaliação terá a quantificação do equilíbrio estático (plataforma de força), do equilíbrio funcional (Berg Balance Scale) e da mobilidade (teste de caminhada de 6 minutos e teste time up and go). Com relação à intervenção, essa será realizada durante duas semanas consecutivas, com cinco sessões de treino por semana e duração de 20 minutos por sessão, a estimulação transcraniana será associada ao treino de marcha com uma intensidade de 2 mA. Os resultados serão analisados estatisticamente assumindo um nível de significância de 0,05 (p<0,05). (AU)