Busca avançada
Ano de início
Entree

Redimensionando o lugar da brincadeira no contexto escolar com crianças de quatro a seis anos em Portugal: reflexões e contribuições

Processo: 15/03693-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 02 de setembro de 2015
Vigência (Término): 01 de setembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia
Pesquisador responsável:Elizabeth Piemonte Constantino
Beneficiário:Thaís Oliveira de Souza
Supervisor: Maria Gabriela Correia de Castro Portugal
Instituição Sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidade de Aveiro (UA), Portugal  
Vinculado à bolsa:13/23046-6 - O Cuidar e o Educar: redimensionando o lugar da brincadeira no contexto escolar com crianças de quatro a seis anos, BP.DR
Assunto(s):Educação   Aprendizagem   Desenvolvimento infantil   Brincadeiras   Crianças
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:aprendizagem | Brincar | crianças | desenvolvimento | Educação

Resumo

O presente projeto tem o objetivo de aprofundar os estudos propostos no projeto de bolsas no país (Processo FAPESP nº 2013/23046-6), além de enriquecer os dados obtidos acerca do brincar na educação infantil e ensino fundamental, coletando dados em uma instituição educacional portuguesa. A proposta inclui um estágio de pesquisa com duração de um ano no Departamento de Educação, na Universidade de Aveiro, Aveiro - Portugal. Durante o ano de estágio no exterior, buscaremos coletar os dados, seguindo a mesma metodologia aplicada no Brasil, em uma escola portuguesa. Buscando investigar como são produzidas as brincadeiras no ambiente escolar, considerando as condições institucionais e as formas de brincar da criança de quatro a seis anos em Portugal, realizaremos uma pesquisa qualitativa, baseada no referencial de teoria sócio-histórica. A pesquisa de campo se organizará em três etapas, a primeira será a coleta de informações das instituições, com a realização de entrevistas com a equipe dirigente e técnica, na segunda etapa realizaremos a observação participante das brincadeiras infantis e das mediações realizadas pelo educador ou pela escola; e na terceira etapa serão realizadas entrevistas com as crianças. Os resultados serão analisados mediante a Análise de Conteúdo proposta por Bardin (2002). No estágio de doutoramento, aprofundaremos teoricamente nossos estudos com acesso a diversos trabalhos e leituras. Também participaremos dos grupos de estudos sobre desenvolvimento e aprendizagem na educação infantil, coordenado pela professora supervisora de estágio, e pretendemos participar de eventos acadêmicos na Europa, expandindo o alcance de nossa pesquisa. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)