Busca avançada
Ano de início
Entree

Clonagem e expressão de uma proteína de 41-Kilodalton de Cryptosporidium parvum em Escherichia coli

Processo: 15/07147-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Marcelo Vasconcelos Meireles
Beneficiário:Milena Sato de Souza
Supervisor no Exterior: Mark Christopher Jenkins
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Local de pesquisa : Beltsville Agricultural Research Center, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/24082-6 - Expressão e purificação da proteína recombinante COWP5 de Cryptosporidium parvum visando à produção de IgY policlonal em galinhas para utilização em diagnóstico, BP.DR
Assunto(s):Doenças parasitárias   Cryptosporidium parvum   Proteínas recombinantes   Imunoensaio   Soros imunes

Resumo

Cryptosporidium spp. são protozoários parasitas intracelulares que infectam as células epiteliais do tubo digestivo e respiratório de uma ampla variedade de vertebrados. Este parasita pode causar diarreia auto-limitante em indivíduos imunocompetentes, mas em pacientes imunocomprometidos pode ser fatal. Cryptosporidium parvum tem diversos hospedeiros animais, e é uma das espécies dominantes de Cryptosporidium que infectam seres humanos. O desenvolvimento de estratégias de diagnóstico e controle de criptosporidiose em seres humanos tornou-se o principal desafio dos estudos epidemiológicos. O controle das fontes do parasita representa o mais importante meio de prevenção de surtos generalizados de criptosporidiose, e o controle é dependente de reagentes de diagnóstico sensíveis e específicos. Atualmente, todos os métodos de detecção de C. parvum são confundidos pela reatividade cruzada dos antissoros para as bactérias naturalmente presentes em amostras ambientais. O nosso objetivo é expressar a proteína recombinante CP41 por clonagem, produzir antissoros específicos para CP41 e testar anticorpos contra CP41 para a ligação com os oocistos de C. parvum. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE SOUZA, MILENA SATO; O'BRIEN, CELIA; SANTIN, MONICA; JENKINS, MARK. A highly sensitive method for detecting Cryptosporidium parvum oocysts recovered from source and finished water using RT-PCR directed to Cryspovirus RNA. Journal of Microbiological Methods, v. 156, p. 77-80, JAN 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.