Busca avançada
Ano de início
Entree

Dilemas culturais na formação de um novo território historiográfico: os sons, as sonoridades, as escutas e a música

Processo: 14/25920-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de setembro de 2015
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História
Pesquisador responsável:José Geraldo Vinci de Moraes
Beneficiário:José Geraldo Vinci de Moraes
Anfitrião: Idelette Muzart Fonseca dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Université Paris Ouest Nanterre La Défense (Paris 10), França  
Assunto(s):História da cultura   História da música   Historiografia

Resumo

O projeto de pesquisa aqui apresentado destina-se à solicitação de uma bolsa para estágio pós-doutoral, para um período de seis meses (de setembro de 2015 a fevereiro de 2016), na Universidade Paris X, Nanterre - Ouest. A responsabilidade pela supervisão deste estágio será da professora doutora Idelette Muzart Fonseca dos Santos coordenadora do CRILUS, Centre de recherches interdisciplinaires du monde lusophone. O tema da pesquisa tem uma perspectiva nitidamente interdisciplinar para a qual convergem elementos da história cultural, de extração francesa, musicologia histórica, historiografia e linguagens. Deste modo, o Centro de Pesquisa coordenado pela professora Idelette Muzart, torna-se o núcleo ideal para o desenvolvimento da investigação. A pesquisa pretende discutir os elementos e dilemas atuais existentes em um campo do conhecimento que se preocupa com os sons, as sonoridades, as escutas e, claro, com a música. O foco central é aprofundar as pesquisas e debates que colaboram para a compreensão talvez de um novo território de conhecimento historiográfico com preocupações teóricas, metodológicas e temáticas próprias. Não se trata de modo algum de procurar caminhos para uma "nova história da música", embora leve em conta as discussões existentes em torno desta questão. De qualquer maneira, a perspectiva é a dos historiadores preocupados em escutar o passado e as formas de acessá-lo/escutá-lo, e com os processos de construção dos conhecimentos históricos que tem a música, os sons e as escutas como eixos centrais. Essa discussão tem sido realizada pelos membros e pesquisadores do Grupo de Pesquisa Entre e memória e a história da música. Desta maneira, o objetivo é tanto ampliar as discussões coletivas ali existentes, como desenvolver a pesquisa individual, apresentada no item a seguir, como forma de aprofundar o debate. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.