Busca avançada
Ano de início
Entree

Secularização e experiência religiosa na ficção de José Saramago

Processo: 14/14514-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2015
Vigência (Término): 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Outras Literaturas Vernáculas
Pesquisador responsável:Marcos Aparecido Lopes
Beneficiário:Ana Maria Ferreira Côrtes
Instituição-sede: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Hermenêutica   Literatura portuguesa

Resumo

A presente pesquisa se propõe a estudar os romances Memorial do Convento (1982) e O Evangelho segundo Jesus Cristo (1991), de José Saramago, tendo em vista o processo de secularização do mundo ocidental. Inicialmente, discutiremos o conceito de secularização, nas diversas acepções adquiridas por ele ao longo do tempo, assim como sua origem histórica e o suposto consenso de que vivemos em uma era secular. Em seguida, averiguaremos de que maneira os romances do corpus desta pesquisa interpretam o processo de secularização. Também buscaremos verificar, se, e em que medida, o conceito em questão pode ser entendido, na obra de Saramago, como uma forma de aproximação, não de rompimento, em relação à experiência religiosa da tradição cristã, de acordo com as propostas de Gianni Vattimo (1998). Com isso, discutiremos, em caráter preliminar, a presença e os desdobramentos da noção de secularização na obra do romancista português.