Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrutura floral de Sapindales neotropicais: implicações na sistemática e evolução

Processo: 15/09776-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:José Rubens Pirani
Beneficiário:Juliana Hanna Leite El Ottra
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/18002-2 - Sapindales: filogenia e diversificação na região neotropical, AP.TEM
Assunto(s):Sapindales   Sistemática   Evolução vegetal

Resumo

Angiospermas apresentam uma grande diversidade de formas florais. Tendo em vista a existência de tal variação na estrutura da flor, o principal objetivo dos estudos sobre evolução floral é tentar compreender como se deu a evolução de tal diversidade. Dado os avanços na sistemática filogenética moderna, muitas questões têm sido testadas em estudos de evolução floral, utilizando-se os métodos comparativos filogenéticos. Com uma filogenia bem sustentada, pode-se verificar diversas hipóteses de homologia de caracteres, efetuar a reconstrução de seus estados ancestrais, testar a existência de evolução correlacionada entre caracteres, dentre muitas outras abordagens relativo à estudos evolutivos dos mesmos. Membros da ordem Sapindales possuem morfologia floral bastante diversa e representam um grupo onde interessantes questões sobre evolução floral poderiam ser testadas. Apesar de existir um estudo anterior sobre a evolução da estrutura floral no grupo, este se baseou em uma amostragem pequena de gêneros da ordem, bem como com poucos representantes neotropicais da mesma. Famílias da ordem Sapindales apresentam elevado número de representantes neotropicais, dentre as famílias Anacardiaceae, Burseraceae, Meliaceae, Rutaceae, Sapindaceae e Simaroubaceae. Como consequência, o estudo anteriormente elaborado abrangeu apenas uma pequena parte da diversidade das flores do grupo. O volume crescente de dados produzidos mais recentemente sobre a morfologia, anatomia e histologia das flores de Sapindales, conjuntamente à elaboração de novas filogenias com maior número de representantes dos grupos neotropicais, somado aos grupos cujas filogenias serão elaboradas durante este Projeto Temático, tornam este momento propício à elaboração de um novo estudo evolutivo com as flores do grupo. Ainda, tal estudo permitiria discutir a implicação das características florais no contexto da sistemática filogenética atual dos representantes da ordem e em diversos níveis hierárquicos da mesma. Neste contexto, este projeto de pós-doutorado pretende estudar a estrutura floral de representantes de Sapindales, seja por meio de revisão de dados da literatura ou por novas análises provenientes de material fixado ou de herbário. De posse desses dados será possível selecionar os caracteres com potencial implicação na sistemática de Sapindales, bem como para um estudo evolutivo dos mesmos. Desse modo espera-se alcançar um maior conhecimento a cerca da diversidade e evolução floral da ordem, notadamente dos grupos neotropicais que serão estudados neste Projeto Temático. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ALVES, GISELE G. N.; EL OTTRA, JULIANA H. L.; DEVECCHI, MARCELO F.; DEMARCO, DIEGO; PIRANI, JOSE R. Structure of the flower of Simaba (Simaroubaceae) and its anatomical novelties. Botanical Journal of the Linnean Society, v. 183, n. 1, p. 162-176, JAN 1 2017. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.