Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do problema integrado do transporte público coletivo por ônibus à rede cicloviária

Processo: 15/05214-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 31 de maio de 2016
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Transportes - Planejamento de Transportes
Pesquisador responsável:José Roberto Dale Luche
Beneficiário:Giulia Martuscelli Faria
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá, SP, Brasil
Assunto(s):Mobilidade urbana   Pesquisa origem-destino   Sistemas de transportes   Transporte público   Transporte coletivo   Ciclovias

Resumo

Ao longo das três últimas décadas tem ocorrido o constante crescimento da área urbana de muitas cidades brasileiras. Nesse processo, o planejamento do uso do solo foi pouco relacionado aos sistemas de transporte dessas cidades, o que têm resultado em índices de mobilidade bastante preocupantes. Políticas de mobilidade urbana também foram prejudicadas devido à má gestão pública e planos diretores desatualizados. Na tentativa de atender o crescente número de carros, muitos investimentos foram feitos em obras para o transporte motorizado, ficando em segundo plano, por exemplo, os projetos de ciclovias e de passeio de pedestres. Este projeto tratará o problema integrado da programação das linhas de ônibus ao uso da bicicleta, procurando viabilizar/incentivar o uso deste último. Será implementado um algoritmo em linguagem C, que fará a programação das linhas dos ônibus integrado ao sistema cicloviário. Os dados que alimentarão o algoritmo serão obtidos no OpenStreetMaps e na pesquisa Origem-Destino de 2011. Os resultados serão comparados com o cenário atual e validados com o acompanhamento da empresa de transporte por ônibus e Secretaria de transportes. Este estudo pode ser classificado como "pesquisa aplicada" quanto à natureza, "pesquisa exploratória" quanto aos objetivos e "pesquisa experimental" quanto aos procedimentos, além da abordagem "quali-quantitativa".