Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do impacto de geradores fotovoltaicos no balanço energético de sistemas de distribuição de energia elétrica

Processo: 15/07338-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 31 de maio de 2016
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Sistemas Elétricos de Potência
Pesquisador responsável:Walmir de Freitas Filho
Beneficiário:Juliana Carvalho Silva de Sá
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/01690-2 - Desenvolvimentos tecnológicos para a proteção, análise, supervisão e automação dos sistemas elétricos do futuro, AP.TEM
Assunto(s):Sistemas de distribuição de energia elétrica   Sistemas fotovoltaicos   Geração distribuída   Balanço de energia

Resumo

A microgeração de energia fotovoltaica é hoje uma tecnologia bastante promissora no cenário nacional e internacional. Segundo a European Photovoltaic Industry Association, a capacidade de geradores fotovoltaicos instalados no mundo em 2013 ultrapassou a barreira dos 130 GW. No Brasil, o principal impulso à adesão desta tecnologia se deu com a publicação da resolução normativa no 482 da ANEEL em abril de 2012, que permite ao consumidor brasileiro gerar sua própria energia elétrica a partir de fontes renováveis. Esta integração cria impactos no planejamento energético da concessionária, pois altera a quantidade de energia que a mesma deve fornecer aos consumidores. Portanto, é essencial acrescentar ao planejamento energético de uma concessionária de distribuição um estudo das possíveis consequências de níveis crescentes de penetração de geração fotovoltaica. Neste contexto, este projeto visa avaliar o impacto da geração fotovoltaica no planejamento energético de longo prazo da concessionária utilizando estudos de cálculo de fluxo de potência temporal com horizontes de 1 a 5 anos. Especificamente, será avaliado o impacto da geração no balanço energético carga vs geração e também nas perdas elétricas do circuito. Ainda, a fim de reduzir a quantidade de estudos necessária para esta análise de longo prazo, será avaliado o impacto da redução da granularidade dos dados na precisão dos resultados obtidos. Com isto, torna-se possível, não apenas incluir o impacto da geração fotovoltaica no método de planejamento energético atualmente empregado pelas concessionárias, mas também reduzir o número de simulações necessárias para este estudo.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)