Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da resposta imuno-metabólica em macrófagos peritoneais de camundongos obesos: papel do exercício físico e do PPAR-gamma

Processo: 14/01246-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Fábio Santos de Lira
Beneficiário:Loreana Sanches Silveira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/08530-0 - A influência de PPARG sobre a incorporação de ácidos graxos em pools de lipídeos placentários e sua transferência para o feto, BE.EP.DR
Assunto(s):Macrófagos peritoneais   Exercício físico   Inflamação   Metabolismo

Resumo

O treinamento físico aeróbio moderado está cada vez mais consolidado como uma eficiente terapia não farmacológica para o tratamento e a prevenção de doenças inflamatórias crônicas assépticas, que perfazem a maior causa de morte no mundo, já que dentre essas doenças podemos citar a obesidade, a diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares em geral, câncer, doenças neurodegenerativas entre outras. O papel terapêutico do treinamento físico, se dá pelo aumento da resposta anti-inflamatória provocada, pelo exercício físico moderado. Apesar de este efeito estar bem documentado na literatura, pouco se sabe sobre as vias moleculares que podem estar envolvidas nesse processo, assim como, se o treinamento de alta intensidade é capaz de modular essa resposta inflamatória de maneira semelhante ao moderado. Os macrófagos, quando cronicamente ativados favorecem a instalação e progressão de diversas doenças inflamatórias. Muitos são os fatores de transcrição que regulam a resposta desse tipo celular, dentre eles o receptor ativado por proliferador de peroxissomo gama (PPAR-gamma), que é capaz de regular a resposta imunometabólica, levando ao aumento dos macrófagos caracterizados por serem M2, ou seja fenotipicamente apresentando um aumento exponencial na capacidade de secreção de citocinas e prostaglandinas anti-inflamatórias. Como essa alteração de fenótipo ocorre em decorrência do treinamento, pretendemos entender se o PPAR-gamma é importante nesse processo, e por fim avaliar se a sua deleção em células mieloides podem levar a diminuição da resposta anti-inflamatória do exercício quando um estado inflamatório de baixo grau é induzido, nesse caso isso ocorrerá, pela indução da obesidade em camundongos. Para testar nossa hipótese, serão utilizadas duas linhagens de animais: CreLox para PPAR-gamma (Cre+/+ PPAR-gamma -/-) que levam a deleção do PPAR³, especificamente em células mieloides, e em animais controle da mesma ninhada (Cre/ PPAR-gamma+/+). Para cada grupo de animal iremos formar seis subgrupos sendo 10 animais por grupo: 1) dieta balanceada sedentário (BS); 2) dieta balanceada e treinamento de intensidade moderada (BTM); 3) dieta balanceada e treinamento de alta intensidade (BTA); 4) dieta hiperlipídica sedentário (HS); 5) dieta hiperlipídica e treinamento de intensidade moderada (HTM); 6) dieta hiperlipídica e treinamento de alta intensidade (HTA). Avaliaremos o perfil metabólico e inflamatório sistêmico, assim como cultura primária de macrófagos peritoneais, analisando a produção de citocinas e a expressão gênica, protéica e ativação do PPAR-gamma. Experimentos com cultura de macrófagos peritoneais (in vitro) e com modelo animal proporcionarão melhor entendimento da participação do PPAR-gamma na regulação imuno-metabólica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVEIRA, LOREANA SANCHES; BIONDO, LUANA AMORIM; DE SOUZA TEIXEIRA, ALEXANDRE ABILIO; DE LIMA JUNIOR, EDSON ALVES; CASTOLDI, ANGELA; SARAIVA CAMARA, NIELS OLSEN; FESTUCCIA, WILLIAN T.; ROSA-NETO, JOSE CESAR; LIRA, FABIO SANTOS. Macrophage immunophenotype but not anti-inflammatory profile is modulated by peroxisome proliferator-activated receptor gamma (PPAR gamma) in exercised obese mice. EXERCISE IMMUNOLOGY REVIEW, v. 26, p. 94-106, 2020. Citações Web of Science: 0.
SILVEIRA, LOREANA SANCHES; PEREIRA BATATINHA, HELENA ANGELICA; CASTOLDI, ANGELA; SARAIVA CAMARA, NIELS OLSEN; FESTUCCIA, WILLIAN T.; SOUZA, CAMILA OLIVEIRA; ROSA NETO, JOSE CESAR; LIRA, FABIO SANTOS. Exercise rescues the immune response fine-tuned impaired by peroxisome proliferator-activated receptors deletion in macrophages. Journal of Cellular Physiology, v. 234, n. 4, p. 5241-5251, APR 2019. Citações Web of Science: 1.
SILVEIRA, LOREANA S.; PIMENTEL, GUSTAVO D.; SOUZA, CAMILA O.; BIONDO, LUANA A.; TEIXEIRA, ALEXANDRE ABILIO S.; LIMA, EDSON A.; BATATINHA, HELENA A. P.; ROSA NETO, JOSE C.; LIRA, FABIO S. Effect of an acute moderate-exercise session on metabolic and inflammatory profile of PPAR- knockout mice. Cell Biochemistry and Function, v. 35, n. 8, p. 510-517, DEC 2017. Citações Web of Science: 4.
BATATINHA, HELENA A. P.; LIMA, EDSON A.; TEIXEIRA, ALEXANDRE A. S.; SOUZA, CAMILA O.; BIONDO, LUANA A.; SILVEIRA, LOREANA S.; LIRA, FABIO S.; ROSA NETO, JOSE C. Association Between Aerobic Exercise and Rosiglitazone Avoided the NAFLD and Liver Inflammation Exacerbated in PPAR-alpha Knockout Mice. Journal of Cellular Physiology, v. 232, n. 5, p. 1008-1019, MAY 2017. Citações Web of Science: 9.
SANCHES SILVEIRA, LOREANA; MELLO ANTUNES, BARBARA DE MOURA; ARAUJO MINARI, ANDRE LUIS; THOMATIELI DOS SANTOS, RONALDO VAGNER; ROSA NETO, JOSE CESAR; LIRA, FABIO SANTOS. Macrophage Polarization: Implications on Metabolic Diseases and the Role of Exercise. CRITICAL REVIEWS IN EUKARYOTIC GENE EXPRESSION, v. 26, n. 2, p. 115-132, 2016. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.