Busca avançada
Ano de início
Entree

Abrigando uma nação: o governo das unidades residenciais acessíveis em São Paulo

Processo: 15/01927-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 01 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Políticas Públicas
Pesquisador responsável:Eduardo Cesar Leão Marques
Beneficiário:Anthony Boris Boanada Fuchs
Instituição-sede: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07616-7 - CEM - Centro de Estudos da Metrópole, AP.CEPID
Assunto(s):Habitação

Resumo

A habitação é interessante, mas pouco investigada objeto de estudo nas ciências sociais (Henneberry e Parris 2013): por um lado, uma casa é uma casa, um abrigo e um lugar de identidade e pertencimento (UNCHS 1996, § 60). Por outro lado, uma casa é um ativo, uma rede de segurança, e um local para o investimento. Habitação possui um conflito inerente entre as suas dimensões económicas e sociais (Bourdieu, 2000); este aspecto representa um grande desafio para as políticas públicas (habitação como um bem comercializável vs. moradia como um direito social).O projeto de pesquisa proposto investiga as mais recentes mudanças na política de habitação a preços acessíveis no Brasil. O referencial teórico e prático será, em grande parte baseado no design do Requerente tese de doutorado, que combina conhecimentos de Sociologia Econômica (Sociology of Markets and Economy de Convenções) e Economia Política (discurso britânica Property Development, informalidade urbana) a investigação. Partindo de uma formação acadêmica em arquitetura e urbanismo, provisão de habitação pode ser concebido como um objeto tecnológico incorporado em um campo de provisão de habitação. A casa é assim entendido como o produto final de um processo físico específico que requer várias e diferentes partes interessadas a montagem de diferentes recursos. Recursos, partes interessadas e marcos formar as categorias analíticas do projeto de pesquisa e são usados para diferenciar o objeto de fornecimento que é comumente chamado mercado imobiliário.O objetivo da pesquisa de pós-doutorado na USP é fornecer um relato sistemático da oferta de habitação a preços acessíveis na região metropolitana de São Paulo (ou parte dele). A pesquisa deve integrar, tanto quanto possível, quantitativos e qualitativos métodos: com base na disponibilidade de dados, a utilização de entrevistas semi-estruturadas variará e usado para estabelecer a lógica de prestação de diferentes tipos de habitação. Diferenças físicas em projetos de habitação (tamanho, construído-up de configuração, serviços, etc.) servem como ponto de entrada para investigar diferentes realidades institucionais. A configuração institucional específico constitui um subsistema de oferta de habitação. O argumento apresentado é que cada subsistema de habitação é uma resposta a um problema de abastecimento específico com suas próprias deficiências e pontos fortes.A vantagem de tal fluxo de trabalho é que os resultados da investigação podem enriquecer os debates políticos atuais, quantificando o papel do governo e as regulamentações sobre a acessibilidade da habitação. Quebrando habitação em recursos que constituem tem a vantagem de ajudar a ilustrar a composição dos custos dos residenciais unidades / projetos fornecidos. Os efeitos das políticas habitacionais atuais e futuros serão muito diferentes, dependendo da ação relacional dos custos de material, trabalho e terra. Habitação a preços acessíveis requer a parte a tomada ativa do governo de impor restrições às atividades de construção (reduzir as externalidades negativas), estimular a oferta privada (permitir que os mercados de trabalho) e fazer uso eficiente dos recursos públicos.