Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de vesículas catiônicas em condições fisiológicas

Processo: 15/06071-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2015
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Eloi da Silva Feitosa
Beneficiário:Aline Maximiano dos Santos
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Osmorregulação   Estabilidade   Vesículas

Resumo

A estabilidade de vesículas depende de um balanço entre a repulsão eletrostática da parte polar e interação hidrofóbica da parte apolar das moléculas anfifílicas. A composição das moléculas anfifílicas e presença de aditivos são fatores que podem alterar a organização em agregados supramoleculares, como vesículas. Neste trabalho será monitorado o processo de formação e estabilidade de vesículas dos anfifílicos catiônicos de brometo e cloreto de dimetildioctadecilamônio (DODAB e DODAC) e brometo de dimetildidodecilamônio (DDAB) em solução fisiológica de NaCl e na presença solutos não iônicos, como glicose, sacarose e ureia, através das técnicas de calorimetria diferencial de varredura (DSC), espalhamento dinâmico de luz (DLS) e medida de potencial zeta e de turbidez. Dados preliminares indicam estabilidade dessas vesículas na presença desses solutos em condições fisiológicas, possibilitando a formulação de soro ou solução fisiológica contendo vesículas lipídicas catiônicas para possível uso medicinal, como por exemplo, bactericida ou controlador osmótico. Os resultados serão comparados aos de monocamadas desses anfifílicos sobre subfase contendo os mesmos solutos neutros e iônicos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)