Busca avançada
Ano de início
Entree

Complexidade do controle motor em diferentes tarefas e em diferentes populações

Processo: 15/00214-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2015
Vigência (Término): 31 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Isabel de Camargo Neves Sacco
Beneficiário:Eneida Yuri Suda
Supervisor no Exterior: Rogerio Pessoto Hirata
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Aalborg University (AAU), Dinamarca  
Vinculado à bolsa:13/06123-7 - Padrões dinâmicos de recrutamento muscular por EMG de alta densidade durante o ciclo da marcha de diabéticos em diferentes níveis de severidade de neuropatia classificados por um modelo linguístico fuzzy, BP.DR
Assunto(s):Biomecânica

Resumo

O objetivo desse projeto é desenvolver um estudo experimental e analisar dados que já foram coletados em dois contextos diferentes a fim de explorar os conceitos de complexidade e variabilidade do controle e do comportamento motor. Dois subprojetos serão desenvolvidos. O objetivo do subprojeto 1 é investigar a complexidade dos padrões de atividade muscular de sujeitos diabéticos em diferentes estágios de neuropatia. Nossa hipótese é de que a neuropatia diminui a complexidade da atividade muscular, e essa alteração é agravada pela gravidade da doença. Para esse primeiro subprojeto dados eletromiográficos coletados de 50 sujeitos diabéticos (40-65 anos) com diferentes graus de neuropatia serão analisados. Esses dados foram adquiridos de diferentes músculos dos membros inferiores durante a realização de contrações isométricas de baixa intensidade, e os dados EMG serão explorados através de técnicas de análise não linear (entropia multiescalar, dimensão fractal, % determinismo). O objetivo do subprojeto 2 é investigar as adaptações posturais causadas pela dor muscular em diferentes condições cognitivas em sujeitos saudáveis. Nós acreditamos que a dor experimental, quando combinada à sobrecarga cognitiva, irá interferir de forma negativa nos mecanismos de adaptação sensorial envolvidos no controle postural. 32 adultos saudáveis (18-50 anos) serão avaliados. As medidas de balanço postural adquiridas durante a postura em pé serão feitas durante a realização de duas tarefas cognitivas diferentes, antes e após a injeção de uma solução salina hipertônica nos músculos vasto lateral e vasto medial, realizadas a fim de induzir dor. Os deslocamentos do centro de pressão nas direções ântero-posterior e médio-lateral, sua velocidade, e a área de deslocamento serão estimadas. Será, também, calculada, a entropia multiescalar do centro de pressão, a fim de se medir a complexidade do controle postural. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SUDA, ENEIDA YURI; HIRATA, ROGERIO PESSOTO; PALSSON, THORVALDUR; VUILLERME, NICOLAS; SACCO, ISABEL C. N.; GRAVEN-NIELSEN, THOMAS. Experimental knee-related pain enhances attentional interference on postural control. EUROPEAN JOURNAL OF APPLIED PHYSIOLOGY, v. 119, n. 9, p. 2053-2064, SEP 2019. Citações Web of Science: 0.
SUDA, ENEIDA Y.; SACCO, ISABEL C. N.; HIRATA, ROGERIO P.; SAMANI, AFSHIN; KAWAMURA, THIAGO T.; MADELEINE, PASCAL. LATER STAGES OF DIABETIC NEUROPATHY AFFECT THE COMPLEXITY OF THE NEUROMUSCULAR SYSTEM AT THE KNEE DURING LOW-LEVEL ISOMETRIC CONTRACTIONS. MUSCLE & NERVE, v. 57, n. 1, p. 112-121, JAN 2018. Citações Web of Science: 1.
SUDA, E. Y.; MADELEINE, P.; HIRATA, R. P.; SAMANI, A.; KAWAMURA, T. T.; SACCO, I. C. N. Reduced complexity of force and muscle activity during low level isometric contractions of the ankle in diabetic individuals. CLINICAL BIOMECHANICS, v. 42, p. 38-46, FEB 2017. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.