Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de poluentes orgânicos em aves marinhas residentes encontradas no litoral brasileiro

Processo: 14/26226-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2015
Vigência (Término): 31 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Márcia Caruso Bícego
Beneficiário:Paula Baldassin
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Toxicologia   Monitoramento ambiental

Resumo

As aves marinhas residentes constituem um grupo diversificado de espécies que se adaptaram com grande eficiência ao meio marinho alimentando-se principalmente de peixes, cefalópodes e crustáceos. Deste modo podem ser utilizados como modelo no monitoramento da biodiversidade nesses ambientes residentes, pois são animais vulneráveis à poluição, como por exemplo, a introdução de petróleo e derivados. Este estudo tem como objetivo principal avaliar os metabólitos biliares de hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) em bile de aves residentes como Atobás (Sula leucogaster), Fragatas (Fregata magnificiens) e Gaivotas (Larus dominicanus) encontrados mortos nas praias do Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e Espirito Santo. Com os resultados obtidos será possível estabelecer um índice basal de concentração, utilizando-o como referência para futuros monitoramentos ambientais e avaliações dos animais afetados por hidrocarbonetos. (AU)