Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e aplicação de nanopartículas de ouro conjugadas para diagnóstico rápido da infecção pelo vírus da imunodeficiência felina (FIV), vírus da leucemia felina (FeLV) e vírus da cinomose canina (CDV)

Processo: 15/03635-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2015
Vigência (Término): 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:João Pessoa Araújo Junior
Beneficiário:Claudia de Camargo Tozato
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/24811-6 - Impacto de células estromais de diferentes tecidos linfóides na replicação do vírus da imunodeficiência felina em células monocíticas e Linfócitos T, BE.EP.PD
Assunto(s):Biotecnologia   Nanotecnologia   Nanopartículas metálicas   Ouro   Técnicas de diagnóstico animal   Vírus da imunodeficiência felina   Vírus da leucemia felina   Cinomose

Resumo

As doenças de caráter infeccioso dos animais de companhia constituem um dos maiores desafios para o médico veterinário em sua clínica. O Vírus da Imunodeficiência Felina, o Vírus da Leucemia Felina e o Vírus da Cinomose Canina (FIV, FeLV e CDV) são importantes agentes que determinam enfermidade infecciosa sistêmica, com alta disseminação e morbidade. O advento da nanotecnologia aliada à biotecnologia possibilitou o desenvolvimento de nanopartículas de ouro (AuNP`s) que têm sido aplicadas em diversas áreas da medicina. As propriedades das AuNP`s como capacidade de adsorção de biomoléculas, absorvância da ressonância de plasmon de superfície na espectroscopia visível e mudança do índice de refração de luz, propiciam o desenvolvimento uma excelente tecnologia para o desenvolvimento de testes diagnósticos, visto que os coloides são visíveis a "olho nu". Por conseguinte, o objetivo do presente projeto é de desenvolver e padronizar novos métodos de diagnóstico rápido do FIV, FeLV e CDV utilizando nanotecnologia de nanopartículas de ouro (AuNP`s) bioconjugadas para a detecção de anticorpos ou antígenos virais, conforme metodologia descrita pelo nosso grupo de pesquisa. Para tanto, serão sintetizadas proteínas recombinantes do FIV e FeLV in vitro. A proteína sintética p24/TM do FIV será conjugada às AuNP`s, enquanto que a proteína p27 do FeLV será produzida, utilizada para produção de anticorpos policlonai anti-FeLV e os anticorpos serão conjugados com AuNP`s. Para detecção do vírus da cinomose utilizaremos anticorpos policlonais anti-CDV de galinha produzido em um experimento anterior conjugados as AuNP`s. As amostras serão testadas e os métodos comparados com técnicas "padrão-ouro". (AU)