Busca avançada
Ano de início
Entree

Leishmaniose cutânea não ulcerada ou atípica causada pela Leishmania infantum chagasi no município de Amapala, Valle, Honduras: caracterização imuno-histopatológica das lesões de pele

Processo: 15/01154-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Marcia Dalastra Laurenti
Beneficiário:Carmen Maria Sandoval Pacheco
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Doenças transmissíveis   Leishmaniose cutânea   Leishmaniose visceral   Imunopatologia   Imuno-histoquímica   Leishmania infantum

Resumo

Nas Américas, em especial na América do Sul, a infecção por Leishmania (Leishmania) infantum chagasi causa manifestações subclínicas e leishmaniose visceral (LV), a qual quando não tratada é potencialmente fatal. Em Honduras a leishmaniose a infecção por L. (L.) infantum chagasi causa a leishmaniose visceral (LV), porém também tem sido relatada a leishmaniose cutânea não ulcerada ou atípica (LCNU) causada por esta espécie do parasito. Relataram-se casos de leishmaniose cutânea não ulcerada ou atípica (LCA), também em outros países da região, como Costa Rica, El Salvador e Nicarágua. Em Honduras, existem áreas endêmicas bem identificadas desta variante clínica não ulcerada, localizadas nos departamentos de Choluteca e Valle, assim como parte sul dos departamentos de Francisco Morazán, La Paz, El Paraíso e Intibucá. Será feito uma busca ativa de pacientes com leishmaniose cutânea não ulcerada ou atípica no município de Amapala, departamento de Valle, Honduras, no período de janeiro a dezembro de 2015. Após exame clínico, biópsias de lesões de pele destes pacientes, as que se definem como uma pápula, placa infiltrativa ou nódulo assintomático, não ulcerativo, eritematoso ou da cor da pele, com ou sem presença de halo hipo-pigmentado, serão coletadas, fixadas em solução formol 10% tamponado 0,01M e processadas pelas técnicas usuais de microscopia ótica. Cortes histológicos corados pelo HE serão utilizados para caracterizar as alterações histopatológicas das lesões cutáneas e cortes histológicos procesados pela reação de imunoistoquimica utilizando os anticorpos primários para células dendríticas (CD1a, CD11c), macrófagos (CD68), linfocitos T (CD4, CD8 e FoxP3) e marcadores intracelulares (IL-10, TGF-b, IFNng e iNOS) serão utilizados para avaliação da imunidade in situ. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SANDOVAL PACHECO, CARMEN MARIA; ARAUJO FLORES, GABRIELA VENICIA; FAVERO FERREIRA, AUREA; SOSA OCHOA, WILFREDO; RIBEIRO DA MATTA, VANIA LUCIA; VALERIANO, CONCEPCION ZUNIGA; PEREIRA CORBETT, CARLOS EDUARDO; DALASTRA LAURENTI, MARCIA. Histopathological features of skin lesions in patients affected by non-ulcerated or atypical cutaneous leishmaniasis in Honduras, Central America. International Journal of Experimental Pathology, v. 99, n. 5, p. 249-257, OCT 2018. Citações Web of Science: 0.
ARAUJO FLORES, GABRIELA VENICIA; SANDOVAL PACHECO, CARMEN MARIA; TOMOKANE, THAISE YUMIE; OCHOA, WILFREDO SOSA; VALERIANO, CONCEPCION ZUNIGA; CASTRO GOMES, CLAUDIA MARIA; PEREIRA CORBETT, CARLOS EDUARDO; LAURENTI, MARCIA DALASTRA. Evaluation of Regulatory Immune Response in Skin Lesions of Patients Affected by Nonulcerated or Atypical Cutaneous Leishmaniasis in Honduras, Central America. Mediators of Inflammation, 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.