Busca avançada
Ano de início
Entree

Técnicas em análises osmorregulatórias e metabólicas em peixes

Processo: 15/10645-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 14 de setembro de 2015
Vigência (Término): 17 de outubro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Maria José Tavares Ranzani de Paiva
Beneficiário:Silvia Patrícia Carraschi de Oliveira
Supervisor no Exterior: Juan Miguel Mancera Romero
Instituição-sede: Instituto de Pesca. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidad de Cádiz (UCA), Espanha  
Vinculado à bolsa:13/25113-2 - Prospecção de fungicidas para o controle de Saprolegnia SP e segurança clínica em pacu (Piaractus mesopotamicus), BP.PD
Assunto(s):Patologia   Bioquímica   Enzimas   Demanda energética   Peixes

Resumo

Os peixes frente a fatores estressantes aumentam o consumo de oxigênio e sofrem variações na demanda energética. Estas mudanças envolvem a alteração de várias enzimas que participam de diferentes vidas do metabolismo de carboidrato, proteína, lipídeo e lactato. O objetivo deste estágio é aprender técnicas na avaliação dos níveis metabólitos (glicogênio, glicose e lactato), bem como das atividades enzimáticas envolvidas no metabolismo de carboidrato (Hexokinase, Frutose 1,6-bisfosfatase, Glucose 6-fosfato deidrogenase, Glutamato dehidrogenase), de amino ácido (Alanina aminotransferase, Aspartato aminotransferase), de lactato (Lactato dehidrogenase-oxidase) e lipídeo (Glicerol 3-fosfato dehidrogenase) das brânquias, fígado, rim e cérebro, além da atividade Na+-K+- ATPase (uma enzima chave na atividade osmorregulatória). Para esta proposta a aluna visitará o laboratório do Prof. Dr. Juan Miguel Mancera Romero e aprenderá usar estas técnicas em gilthead sea bream (Spaurus auratus) como peixe modelo. Além disso, a aluna participará de um curso intitulado "Processos Biológicos de Interesse para Aquicultura: aspectos básicos e aplicados", que será realizado na mesma Universidade e o Dr. Mancera ministrará parte do curso sobre sua área de pesquisa. Além disso na última semana a aluna participará do I Congresso Ibérico em Aquicultura (Huelva, Espanha). (AU)