Busca avançada
Ano de início
Entree

Definição do idioma estilístico senequiano nas tragédias Édipo e fenícias: um estudo da expressividade

Processo: 15/02125-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2015
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literaturas Clássicas
Pesquisador responsável:Brunno Vinicius Gonçalves Vieira
Beneficiário:Cíntia Martins Sanches
Supervisor no Exterior: William Fitzgerald
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Local de pesquisa: King's College London, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:13/12394-3 - Definição do idioma estilístico senequiano nas tragédias Oedipus e Phoenissae: uma proposta de tradução expressiva, BP.DR
Assunto(s):Literatura latina   Tragédia (literatura)

Resumo

Este projeto tem como objeto as tragédias senequianas Oedipus e Phoenissae. Trata-se de um estudo sobre a construção poética do texto latino com a finalidade de delimitar traços fundamentais do idioma estilístico de Sêneca no corpus. A escolha dessas tragédias se dá pelo fato de que, dentre os dramas senequianos, esses são os que tratam do mito dos Labdácidas. Assim, é possível uma abordagem mais abrangente sobre o tratamento dado por Sêneca ao mito de Édipo. O conceito de idioma estilístico foi utilizado por Brodsky (1986), em "The child of civilization", e diz respeito à afinidade estilística necessária para uma tradução equivaler ao texto-fonte. Assim, serão observados, nos textos-fonte, recursos expressivos como figuras de linguagem e marcas dos planos fônico, lexical, morfossintático e métrico que singularizam o tratamento dado por Sêneca ao mito. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)