Busca avançada
Ano de início
Entree

Nova metodologia dè síntese dè vidros e vitrocerâmicas com propriedades luminescentes

Processo: 14/25805-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Marcelo Nalin
Beneficiário:Ricardo Santos Baltieri
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07793-6 - CEPIV - Centro de Ensino, Pesquisa e Inovação em Vidros, AP.CEPID
Assunto(s):Nanopartículas   Química de materiais   Plasmônica   Vidro   Luminescência

Resumo

O projeto visa à obtenção e caracterização de matrizes vítreas contendo nanopartículas metálicas e o estudo das propriedades ópticas destes novos materiais. As nanopartículas serão preparadas na forma casca@caroço pela metodologia sol-gel, onde a casca será constituída por sílica. Íons terras raras serão incorporados à casca na etapa de síntese sol-gel e também diretamente no vidro. Posteriormente, as partículas serão adicionadas às matrizes vítreas de diferentes composições químicas originando as vitrocerâmicas transparentes. Os vidros serão preparados pela metodologia de fusão seguida de choque térmico e posteriormente, serão tratados termicamente em temperaturas abaixo da transição vítrea para aliviar tensões internas decorrentes do resfriamento rápido e aumentar a resistência mecânica. As nanopartículas serão caracterizadas por microscopia eletrônica de transmissão, difração de raios X e microscopia de força atômica (AFM). Os vidros e vitrocerâmicas são caracterizados por análise térmica (DSC), espectroscopia na região do UV - Vis, espectroscopia M-Lines e luminescência. Os efeitos da presença das nanopartículas na emissão dos íons terras raras será estudado por luminescência.