Busca avançada
Ano de início
Entree

A prosódia dos enunciados interrogativos do dialeto paulista do português brasileiro: análise da produção e da percepção

Processo: 15/07257-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2015
Vigência (Término): 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Flaviane Romani Fernandes Svartman
Beneficiário:Carolina Carbonari Rosignoli
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Português do Brasil   Prosódia   Fonética   Fonologia   Dialeto regional   São Paulo

Resumo

A presente pesquisa tem por objetivo investigar a prosódia, no que diz respeito à produção e à percepção do padrão entoacional, de enunciados interrogativos do dialeto paulista do Português Brasileiro (PB) em seus diversos tipos frásicos. Nossa hipótese, baseada nos resultados obtidos por Rosignoli (2013, 2014), é que o padrão entoacional global dos enunciados interrogativos, e não só o contorno nuclear, é levado em conta na identificação perceptual dos diferentes tipos frásicos. Em nossa pesquisa, serão abordadas sentenças produzidas em situação de fala controlada e semi-controlada, considerando-se três falantes de mesma faixa etária, região, sexo e grau de escolaridade. Tais sentenças serão analisadas quanto à produção, no que diz respeito à transcrição e à descrição dos eventos tonais associados ao contorno entoacional e à investigação da relação dessa associação com a marcação de domínios prosódicos. A análise dos dados de produção será feita através do software Praat (BOERSMA e WEENINK, 2014) e com base nos pressupostos teóricos da Fonologia Entoacional (PIERREHUMBERT, 1980; PIERREHUMBER e BECKMAN, 1988; LADD, 1996, 2008; JUN, 2005, 2014; entre outros) e da Fonologia Prosódica (SELKIRK, 1984, 1986, 2000; NESPOR e VOGEL, 1986, 2007). Com relação à percepção, serão realizados testes através do uso do software SuperLab 5.0 (CRUZ e FROTA, 2011) e com falantes do dialeto paulista, envolvendo apresentação de estímulos adaptados dos corpora. Os dados de percepção serão analisados a partir de taxas de acerto e erro em relação aos testes aplicados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ROSIGNOLI, Carolina Carbonari. O padrão entoacional das sentenças interrogativas da variedade paulista do português brasileiro. 2017. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.