Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação entre a Nucleoproteína do Vírus Sincicial Respiratório Humano e a proteína celular MAGEA11

Processo: 15/10241-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Armando Morais Ventura
Beneficiário:Stephanie Santos Suehiro Arcos
Instituição Sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Virologia   Vírus sincicial respiratório humano   Replicação viral   Ribonucleoproteínas   RNA interferente pequeno   Imunofluorescência
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:co-imunoprecipitação | interação entre proteínas | Magea11 | Nucleoproteína | replicação viral | Vírus Sincicial Respiratório Humano | Virologia

Resumo

O Vírus Sincicial Respiratório Humano (HRSV) pertence à família Paramyxoviridae e tem genoma de RNA simples fita sentido negativo, com aproximadamente 15.000 nucleotídeos que codificam 11 proteínas. O HRSV é um dos principais causadores de doenças respiratórias em crianças e recém-nascidos no mundo, além de afetar também idosos e pessoas com imunodeficiência. Ainda não existem medicamentos e nem vacinas eficazes contra o HRSV. Assim, a busca de alvos terapêuticos contra o HRSV é uma prioridade, havendo o potencial de caracterizá-los estudando a interação vírus-célula. Nesse sentido, foi realizado um experimento com o sistema duplo-híbrido em levedura, onde uma das proteínas utilizadas como isca foi a nucleoproteína viral (N), contra duas bibliotecas humanas. Observou-se forte indicativo de interação entre N e a proteína celular MAGEA11, que age como co-reguladora de receptores de andrógeno através da sua ligação ao motif FXXLF. Como encontramos esse motif na sequência de aminoácidos de N, é possível que MAGEA11 seja recrutada por ela ao aparato de transcrição-replicação associado com o genoma viral. Para testar esta hipótese, propomos neste projeto verificar se ocorre a interação entre N e MAGEA11 em células de mamífero através das técnicas de co-imunoprecipitação e de co-localização por imunofluorescência. Em caso positivo, faremos um teste de complementação utilizando o sistema Split Gaussia luciferase para demonstrar a proximidade entre N e MAGEA11 ao nível molecular, e verificaremos se a inibição da expressão de MAGEA11 por siRNA afeta a replicação do HRSV em culturas celulares.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)