Busca avançada
Ano de início
Entree

Geração automática de documentação para projetos de software livre voltada para novatos

Processo: 15/07399-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2015
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Marco Aurélio Gerosa
Beneficiário:Christoph Treude
Instituição-sede: Instituto de Matemática e Estatística (IME). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Engenharia de software   Processamento de linguagem natural   Software livre   Mídias sociais   Documentação de software

Resumo

Novatos de projetos de software livre enfrentam muitas barreiras, incluindo documentação não clara, dificuldade de encontrar uma tarefa para começar e questões técnicas, conforme evidenciado em pesquisa anterior. Muitos desses problemas são mitigáveis por meio de documentação especificamente personalizada para os recém-chegados. Neste projeto, investigaremos técnicas para identificar automaticamente, extrair, gerar, resumir e apresentar documentação relevante para os novatos de projetos de software livre. Serão utilizadas e adaptadas técnicas de processamento de linguagem natural para analisar automaticamente a documentação de uma ampla gama de fontes, incluindo a documentação oficial do projeto, seu issue tracker, fóruns, blogs e sites de perguntas e respostas, como o Stack Overflow. Proporemos com base nas técnicas existentes de resumo automático de texto, novas técnicas supervisionadas para a identificação de informação relevante para novatos. Nossa principal contribuição será o projeto, desenvolvimento e avaliação de técnicas completamente automatizadas de geração de documentação para novatos em projetos de software livre. O gerador de documentação irá reduzir as barreiras para os recém-chegados, o que poderá aumentar a retenção desses novatos como desenvolvedores regulares e tornará o código aberto mais acessível a pessoas de fora dos projetos. O trabalho também evidenciará quais são as necessidades de um novato em termos de documentação e gerará conhecimento e novas ideias sobre a aplicação de técnicas de processamento de linguagem natural para documentação de software, tanto em inglês quanto em português. (AU)