Busca avançada
Ano de início
Entree

Registros da construção autobiográfica de Júlio César de Mello e Souza

Processo: 15/04537-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2015
Vigência (Término): 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:André Luiz Paulilo
Beneficiário:Claudiana dos Reis de Sousa Morais
Instituição-sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Acervo   Inventário   História da educação

Resumo

O presente projeto propõe a análise de uma série de 56 cadernos de colagem de materiais denominados por Júlio César de Mello e Souza, o "Malba Tahan", como cadernos de arquivo. Este material encontra-se no Centro de Memória da Educação da Faculdade de Educação da Unicamp e contém 4.010 documentos. Para o desenvolvimento do projeto usarei como material e fontes estes Cadernos de Arquivos, sendo, portanto, a problemática desta pesquisa lidar com a lógica de arquivamento da documentação proveniente do exercício da docência e da atividade de escritor do titular. O Objetivo geral é entender como que o professor e o escritor aparecem na memória de si construída por Júlio César de Mello e Souza, sendo os objetivos específicos: Classificar a documentos dos cadernos de arquivo do acervo, fazer o inventário dos cadernos de arquivo do acervo; analisar as práticas de arquivamento de Júlio César de Mello e Souza e refletir sobre a construção da memória de si por Júlio César de Mello e Souza. A pesquisa justifica-se por propor realizar a partir das fontes documentais do acervo, um estudo do professor ao escritor Júlio César e compreender a relação que há entre o professor e o escritor e como estes aparecem na memória de si construída por Júlio César. A metodologia a ser utilizada será baseada num levantamento de referencial teórico acerca da história cultural da educação e posterior análise da classificação e avaliação dos documentos contidos neste recorte. Assim, a pesquisa se apoia nas reflexões de Marta Carvalho (1998) e Diana Vidal (2004) acerca do trabalho com fontes e história cultural na área da História da Educação. Portanto, a metodologia do trabalho de pesquisa passa por classificar a documentos dos cadernos de arquivo do acervo, fazer o inventário destes, analisar as práticas de arquivamento de Júlio César e, por fim, refletir sobre a construção da sua memória. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.