Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de toxinas pré-sinápticas da peçonha da coral Micrurus lemniscatus lemniscatus

Processo: 14/24409-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2015
Vigência (Término): 04 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Toxicologia
Pesquisador responsável:Stephen Hyslop
Beneficiário:Rafael Stuani Floriano
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/23432-1 - Mecanismo de ação de toxinas pré-sinápticas da peçonha da serpente coral Micrurus lemniscatus lemniscatus sobre a liberação de acetilcolina e modulação de canais iônicos, BE.EP.PD
Assunto(s):Acetilcolina   Purificação   Transmissão sináptica

Resumo

As peçonhas de serpentes do gênero Micrurus (corais) são conhecidas principalmente por sua neurotoxicidade, que é mediada principalmente por alfa-neurotoxinas com ação pós-sináptica e beta-neurotoxinas (fosfolipases (PLA2) neurotóxicas) com ação pré-sináptica. Dentre as espécies de Micrurus cuja neurotoxicidade tem sido estudada, a M. lemniscatus lemniscatus se destaca pela sua forte ação pré-sináptica. Entretanto, com exceção dos trabalhos iniciais de caracterização farmacológica usando peçonha bruta, pouco se tem investigado da ação neuromuscular desta espécie. Neste projeto, propomos isolar e caracterizar as neurotoxinas pré-sinápticas da peçonha de M. l. lemniscatus através de cromatografia RP-HPLC, seguido por identificação das toxinas por sequenciamento (espectrometria de massas), pela avaliação da atividade PLA2 e pelo bloqueio neuromuscular em nervo frênico-diafragma de camundongo. Os mecanismos envolvidos no bloqueio causado pela(s) principal(ais) neurotoxina(s) serão avaliados usando uma variedade de abordagens eletrofisiológicas (registros de potencial de membrana, de placa terminal, e intracelulares - estes através de patch-clamp; registros extracelulares de potencial de ação composto e ondas perineurais) em conjunto com avaliação da mobilização de Ca2+ intracelular, análises histológicas e avaliação imunohistoquímica da expressão e distribuição de proteínas envolvidas na exocitose. Também será avaliada a ação hemodinâmica (pressão arterial, frequência respiratória), cardíaca (átrio isolado) e vascular (aorta torácica) das toxinas isoladas. Os resultados deste estudo ajudarão a entender melhor os mecanismos da neurotoxicidade pré-sináptica desta peçonha.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FLORIANO, RAFAEL S.; SCHEZARO-RAMOS, RAPHAEL; SILVA, JR., NELSON J.; BUCARETCHI, FABIO; ROWAN, EDWARD G.; HYSLOP, STEPHEN. Neurotoxicity of Micrurus lemniscatus lemniscatus (South American coralsnake) venom in vertebrate neuromuscular preparations in vitro and neutralization by antivenom. ARCHIVES OF TOXICOLOGY, v. 93, n. 7, p. 2065-2086, JUL 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.